Página Inicial / Noticias do Mundo / Comissão de Textos Litúrgicos CNBB

Comissão de Textos Litúrgicos CNBB

Em última reunião do ano, Comissão de Textos Litúrgicos faz balanço dos trabalhos.

O bispo de Paranaguá (PR) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Liturgia da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Edmar Peron, falou sobre a última reunião do ano realizada pela Comissão Episcopal de Textos Litúrgicos (Cetel) da Conferência.

De acordo com ele, os membros farão um esforço para que a revisão da tradução do missal romano possa enfim ser concluída. “Sem essa última revisão nós não teremos oportunidade de editar alguns poucos volumes que serão entregues aos bispos e especialistas para uma revisão unitária”, explica.
Em 2002 saiu a 3ª edição em Latim do Missal Romano e, na ocasião, a Santa Sé pediu à CNBB a tradução ao português dos mais de 3000 textos litúrgicos do missal. O pedido veio da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos através da quinta instrução Liturgiam Authenticam, de 2001, que serve de comentário sobre as traduções em língua vernácula dos textos da liturgia romana.
Desde então, a Cetel faz a tradução do Missal para o português. O trabalho já dura há mais de dez anos, só que agora o grupo se concentra em terminar os últimos ajustes da revisão da tradução. “Essa etapa duraria até meados da Quaresma quando nós recolheremos as sugestões e as últimas revisões para que na Assembleia dos Bispos, em abril do ano que vem, de fato os bispos possam fazer a última votação sobre o missal romano”, disse dom Edmar.
Além da revisão, o grupo também tem alguns textos ainda a considerar como, por exemplo, a inserção da memória de Nossa Senhora de Loreto, no dia 10 de dezembro. “É um texto a ser traduzido do latim para o português e também deveremos confirmar a tradução das bênçãos solenes”, aponta dom Edmar. Com isso, o grupo pretende encerrar nessa semana a revisão. “Desejamos depois da Assembleia dos Bispos enviá-lo à Roma”, garantiu dom Edmar.

Balanço
Ao longo do ano, a Cetel esteve reunida diversas vezes na sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília (DF). Dom Edmar considera que o grupo é unido e que sente a necessidade de aprofundamento. “É uma equipe séria nesse sentido de gente que se preocupa com a fidelidade ao latim e é uma equipe que se quer bem. É uma equipe que conversa, que dialoga e isso me fez muito bem porque são dois aspectos importantes: a seriedade do trabalho, mas a amizade também entre os que trabalham”, finalizou.

Em última reunião do ano, Comissão de Textos Litúrgicos faz balanço dos trabalhos

Crédito FOTOS: Fernando Cristino Reis

Você pode Gostar de:

Campanha da Fraternidade CNBB 2020

Campanha da Fraternidade 2020: CNBB disponibiliza vídeo para as comunidades. Foi divulgado o vídeo oficial …