Página Inicial / Notícias / Confraternização dos Religiosos de Cuiabá e Várzea Grande

Confraternização dos Religiosos de Cuiabá e Várzea Grande

Fraternidade e Alegria Marcam a Confraternização dos Religiosos de Cuiabá e Várzea Grande na Sede da CNBB Regional Oeste 2.

Em um clima de fraternidade e alegria, os religiosos das congregações presentes em Cuiabá e Várzea Grande reuniram-se na Sede da CNBB Regional Oeste 2, no Centro Nova Evangelização (CENE), para uma confraternização dos consagrados.


O encontro reuniu diversos membros das congregações que atuam na região metropolitana, promovendo momentos de partilha, reflexão e convivência. A programação teve início com uma oração conduzida pelos subsídios do Regional Oeste 2, proporcionando um ambiente espiritualmente enriquecedor.
Logo em seguida, a atmosfera descontraída tomou conta do evento com dinâmicas e jogos que uniram os consagrados presentes. O espírito de fraternidade foi fortalecido durante um animado bingo, proporcionando risos e interação entre os participantes.


Para encerrar a programação, as irmãs Discípulas do Bom Pastor, em colaboração com o Padre Reinaldo (secretário da CNBB Regional Oeste 2) e Padre Júlio Paulino (do clero da arquidiocese de Cuiabá), prepararam um delicioso almoço. A refeição não apenas alimentou os presentes, mas também fortaleceu os laços de confraternização entre os consagrados.


“A confraternização foi uma oportunidade única de estreitar laços, compartilhar experiências e fortalecer a união entre as congregações. É fundamental momentos como este, que nos permitem celebrar nossa missão com alegria e comunhão”, afirmou Irmã Maria Botelho, coordenadora da Regional Cuiabá/MT.
O arcebispo metropolitano de Cuiabá, Dom Mário Antonio da Silva, prestigiou o encontro com sua presença e dirigiu palavras de profundo agradecimento aos consagrados e consagradas presentes na arquidiocese. Em um gesto carregado de sinceridade, expressou sua gratidão pelo serviço tão precioso que dedicam à arquidiocese ao longo dos anos. Reconhecendo a relevância do compromisso e da dedicação dos consagrados, Dom Mário ressaltou a importância vital de sua contribuição para o fortalecimento da fé e a construção das comunidades por meio de ações missionárias. Seu reconhecimento ecoou como um tributo sincero à dedicação incansável dos religiosos e religiosas na edificação espiritual da igreja local.
O evento foi marcado não apenas pela troca de vivências espirituais, mas também pela celebração da diversidade de carismas presentes na região. A confraternização se revelou como um espaço propício para reforçar o compromisso comum de servir à comunidade e testemunhar os valores evangélicos na sociedade.
Que esta confraternização seja um impulso renovado para os religiosos continuarem sua missão com dedicação e entusiasmo, levando a luz da fé e a mensagem de fraternidade por onde forem.

Frei Luiz Eduardo, FMM
Comunicação Regional Cuiabá/MT

Você pode Gostar de:

Abertura da 61ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB)

EM MISSA DE ABERTURA DA 61ª AG CNBB, PRESIDENTE FALOU DA IMPORTÂNCIA DE VER O …