Página Inicial / Notícias / Reunião do Conselho Arquidiocesano de Pastoral (CAP)

Reunião do Conselho Arquidiocesano de Pastoral (CAP)

O Conselho Arquidiocesano de Pastoral (CAP) se reuniu na manhã de sábado (2 de março) das 08h00 às 10h00 na Cripta da Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus de Cuiabá para a primeira reunião de 2024 com presenças de Pe. Deusdédit Monge (Vigário Geral), Pe. Eduardo Queiroz(Coordenador Arquidiocesano de Pastoral e os membros do CAP (representantes das pastorais, movimentos, ministérios e comunidades).

O momento formativo da reunião foi realizado pelo Luiz Lopes (Coordenador Regional e Arquidiocesano da Campanha da Fraternidade) com a temática “Fraternidade e Amizade Social”, neste ano tema central da Campanha da Fraternidade que foi preparada e  refletida a partir da Carta Encíclica “Fratelli tutti ”, do Papa Francisco. Luiz Lopes também destacou que durante a pandemia as pessoas se distanciaram e que um retorno da convivência pacífica é necessário e urgente.

A Campanha da Fraternidade é uma proposta evangelizadora da Igreja Católica no Brasil, em preparação para a páscoa, voltada à conversão pessoal e comunitária. Desde o ano de 1964, contribui para a renovação da vida da Igreja e a transformação da sociedade, a partir de problemas específicos, tratados à luz do projeto de Deus. Além de um chamado à conversão, incentiva a prática de gestos concretos de fraternidade em prol da transformação de situações injustas e não cristãs.

Visando tornar a coleta do Domingo de Ramos ou Coleta da Solidariedade, eficaz instrumento de solidariedade, em 1998, na 36° Assembleia Geral, a CNBB criou o Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) (40% da coleta), o FNS, fruto do gesto concreto dos cristãos, assume o compromisso social, como importante instrumento para apoio a iniciativas de enfrentamento das condições de pobreza e miséria. O Fundo Diocesano de Solidariedade (FDS) (60% da coleta) permanecem na diocese de origem, os recursos são destinados ao apoio a projetos locais de enfrentamento da miséria e da exclusão social.

Durante a reunião também foi aprovada a proposta do fundo diocesano de solidariedade onde a Arquidiocese faz a gestão de 60% da receita.

Na presente reunião o Coordenador Arquidiocesano de Pastoral Padre Eduardo Queiroz realizou os ajustes necessários no Calendário Pastoral de 2024.E as pastorais e movimentos fizeram suas considerações e finais e avisos gerais.

Texto e fotos: PASCOM/Arquidiocese e Catedral de Cuiabá

Você pode Gostar de:

CNBB lança edital do Concurso para Letra e Música da CF 2025

CNBB LANÇA EDITAL DO CONCURSO PARA A LETRA E A MÚSICA DO HINO DA CAMPANHA …