Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – Festa de Todos os Santos

Liturgia – Festa de Todos os Santos

LITURGIA – FESTA DE TODOS OS SANTOS 05/Novembro/2017
CREIO NA SANTA IGREJA CATÓLICA E NA COMUNHÃO DOS SANTOS!
1.Acolhida.
Hoje, é festa para todos os discípulos de Jesus: dos santos já glorificados na eternidade e dos santos que, ainda, estão a caminho da glória. É, também, a nossa festa, pois, não estamos isolados, separados dos nossos irmãos já glorificados. Estamos a caminho, mas não separados. Estamos em comunhão, pois, cremos na “Comunhão dos Santos”!
Celebremos a festa dos santos e supliquemos por sua intercessão, pois, eles são os primeiros interessados em nosso sucesso no caminho da santidade. Eles são intercessores junto a Deus que é fonte única de toda santidade!

2.Palavra de Deus.
Apc 7,2-4.9-14 – A Palavra de Deus revela a vitória do Cordeiro glorificando todos os que foram salvos da grande perseguição. Todos receberam um sinal de vencedores na fronte: É uma multidão incontável e lavaram suas vestes no sofrimento, no sangue do Cordeiro de Deus.

Mt 5,1-12 – Na Antiga Aliança, Moisés promulgou a Aliança, lá no Monte Sinai; hoje é Jesus quem promulga a Nova e definitiva Aliança no Monte das Bem-Aventuranças. Jesus falou aos pobres desempregados, aos aflitos, aos doentes e aos famintos. O Reino de Deus é reservado a essa classe de discípulos.

3.Reflexão
A celebração da “Festa de Todos os Santos”, não é apenas para os glorificados no céu; é para todos os que estão a caminho e procuram obedecer à Palavra de Deus. Popularmente dizemos: “Não basta ser pobre para ser agradável a Deus”, mas que todos os pobres são os preferidos de Jesus não resta a menor dúvida! Basta ler o Evangelho com atenção para convencer-nos disso!

Venerar os santos e celebrar sua glória de intercessores significa reconhecer que somos parentes dos santos; estamos a caminho, mas já participamos de sua glória. Por isso, ao fazer seu do pedindo de favores, tenhamos uma preocupação de imitar-lhes as virtudes. É a melhor garantia de sermos atendidos em nossos pedidos!

A 2ª leitura fala da vida divina que o Pai já nos deu, embora, seja ainda de maneira misteriosa; mas somos de fato filhos de Deus! Como deve ser grande o cuidado com a luz divina acesa em nosso coração. Ela não pode ser apagada pelo pecado. Para ter garantida a vida eterna não baste ter um bilhete de entrada (o batismo). É necessário ter a veste nupcial confeccionada com nossas boas obras. Sem ela não entramos na eternidade feliz! Seremos jogados fora, condenados às trevas (Mt 22,11).

Uma multidão incontável lavou suas vestes no Sangue do Cordeiro e, por isso, entrou na Festa do Cordeiro. Isto nos diz algo de importante? Com certeza, o caminho da santidade é um caminho estreito, de sofrimento e não são muitos os que entram na glória celestial (Mt 7,13-14).

Frei Carlos Zagonel-OFMCAP
http://www.paroquiansacoxipo.com.br/conteudo.php?sid=44&cid=4813

Você pode Gostar de:

Horários de Missas : Paróquias da Arquidiocese

Horários de Missas – Confira os horários das Sedes Paroquiais: Compartilhar com WhatsApp