Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 32º Domingo Comum 12.11.2017

Liturgia – 32º Domingo Comum 12.11.2017

GUARDEMOS LÂMPADAS ACESAS E UM BOM DEPÓSITO.
1.Acolhida.

O Ano Litúrgico esta caminhando para o fim e a Palavra de Deus nos convida a meditar sobre os últimos acontecimentos de nossa vida. Não somos eternos, mas vamos morrer, com toda a certeza! E Jesus nos aconselha a vigilância para receber o Esposo e entrar no salão de festa! Jesus nos diz: “Levantai vossas cabeças; porque se aproxima a vossa libertação!” (Lc 21,28).
Todos temos medo de morrer porque não somos iluminados pela Palavra de Deus; somente a Palavra de Deus fala de libertação e de festa de casamento: “Eis o noivo está chegando. Idea seu encontro”. Somos convidados para um banquete, mas precisa estar vigilantes e com lâmpadas acesas!

2.Palavra de Deus.
Sb 6,12-16 – Os judeus, em contato com a cultura grega, terminam perdendo a fé nas Promessas de Javé. O profeta que escreveu o “Livro da Sabedoria” que ajudar o povo a dialogar com a sabedoria grega sem perder o essencial de sua fé na Lei de Javé. É um espelho de nossa situação: vivemos no mundo moderno, mas não podemos perder a fé na Palavra de Deus.

1Ts 413-18 – Paulo aconselha os tessalonicenses a fortalecer sua esperança na vida eterna, pois chegou a hora (Mt 25,s Nemo dia e Jesus morreu e ressuscitou para ressuscitarmos com Ele após a nossa morte!). Conosco, também, ressuscitarão os irmãos que nos antecederam na morte!

Mt 25,1-13 – Jesus nos aconselha a vigilância e um depósito de óleo, pois, o noivo pode demorar e precisamos ter óleo suficiente para manter a lâmpada acesa!

3.Reflexão.
A vida cristã é uma espera e todo cristão deve reparar-separa o encontro certo com o Senhor. E com lâmpadas bem acesas e um bom depósito para não faltar durante todo o banquete! A espera indicada na parábola de Jesus ao é uma espera inerte (esperando que o tempo passe!) é uma espera ativa comprometida com a prática do bem! Portanto, vigilância e fidelidade! Imitar o servo bom e fiel, que aguarda a chegada do patrão, acordado e pronto para abrir a porta da casa e acolher o esposo! E diz Jesus: “Sê fiel até a morte e te darei a coroa da vida!” (Apc 2,10).

São Paulo adverte-nos a respeito da fidelidade, dizendo: Não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo colheremos, se não relaxarmos. Por isso, enquanto temos tempo, façamos o bem a todos os homens, mas particularmente aos irmãos na fé”. (Gl 6,9-10). E mais: “Vigiai, pois, porque não sabeis nem o dia e nem a hora (Mt 25,13). Não devemos ficar assustado e com a respiração suspensa por não conhecermos a hora; pelo contrário aproveitar o tempo multiplicar a prática do bem!

Jesus não nos aconselha a imobilidade, a passividade! Disse Jesus: “Andai enquanto tendes luz, para as trevas não vos surpreendam; porque quem caminha nas trevas não sabe para onde vai” (Jo 12,35).

Frei Carlos Zagonel
http://www.paroquiansacoxipo.com.br/conteudo.php?sid=44&cid=4823

Você pode Gostar de:

Horários de Missas : Paróquias da Arquidiocese

Horários de Missas – Confira os horários das Sedes Paroquiais: Compartilhar com WhatsApp