Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 23º Domingo Comum 08.09.2019

Liturgia – 23º Domingo Comum 08.09.2019

“Os pensamentos dos mortais são tímidos!”
1.Acolhida
Estamos na igreja a convite do próprio Senhor Jesus. Qual será seu desejo no dia de hoje e no convite que Ele nos faz? De fato, precisamos do socorro do Senhor, pois, nossos pensamentos são pequenos e não enxergamos muito além de nosso nariz! O recado de Jesus é sério e exigente: “Quem não carrega a sua cruz e não caminha atrás de mim não pode ser meu discípulo!”
O amor de Jesus por nós não é um amor de “faz de conta”! Ele morreu por nós derramando todo o seu Sangue por nós! O amor de Jesus é sério e exigente, mas exige em troca caminhar atrás dEle colocando nossos pés em suas pegadas!…
Não pretendamos dar lições a Jesus, como o Apóstolo Pedro tentou desviá-lo da morte e recebeu o título de satanás! E mais ainda, ordenou-lhe que caminhasse atrás dEle!

2.Palavra de Deus
Sb 9,13-18 – Esta primeira leitura aconselha-nos a humildade e o reconhecimento que nosso pensamento é pequeno demais para entender os mistérios de nosso Deus! Precisamos da sabedoria de Deus para entender os desígnios de Deus a nosso respeito!
Fm 9b-10.12-17 – Onésimo era um escravo “fujão”, que o Apóstolo Paulo converteu na prisão e, agora, procura devolvê-lo a seu dono, mas convertido pedindo-lhe que o acolhesse como irmão no Senhor! O amor cristão converte e liberta as pessoas. É maravilhoso!
Lc 14,25-33 – Amar é seguir os passos de Jesus e praticar o bem acima de nossos interesses materiais. Jesus reclama e pede para ocupar o primeiro lugar em nosso coração! A decisão de seguir os passos de Jesus requer um cálculo bem feito e para toda a vida!

3.Reflexão
No Livro do Eclesiástico se diz que o orgulho é incurável – tem uma raiz maligna implantada bem no íntimo de nosso coração. O orgulho foi o pecado de nossos primeiros pais! E se deram mal e de que jeito! O orgulho, que herdamos de nossos pais, não causa menor estrago em nossa vida espiritual! Sábio e de bom conselho pensar, na vida espiritual – que não enxergamos um palmo adiante de nosso nariz! O humilde é querido e iluminado por Deus, enquanto que o orgulhoso é abandonado às suas trevas! Deus gosta dos humildes porque estão no caminho da salvação! Os caminhos dos justos se tornam retos pela humildade.
O Apóstolo Paulo não perde tempo nem na prisão! Converteu o escravo Onésimo e, depois, o devolveu ao antigo dono. Foi devolvido, “não como escravo, mas muito mais do que isso, como um irmão querido, muitíssimo querido para mim quanto ele o for para ti, tanto como pessoa humana quanto como irmão no Senhor! A paz social, tanto na pequena como na grande sociedade, somente é possível quando Deus estiver presente! Dá para entender porque o mundo não tem paz? Não são os grandes acordos ou grandes partidos os garantidores da paz social. Não são mesmo!
A vida cristã, o seguimento a Jesus Cristo não é uma coisa fácil! Você precisa avaliar se consegue amar Jesus Cristo, de verdade, acima de tudo, acima do amor de si mesmo! Jesus não veio trazer um caminho fácil, mas uma porta estreita, condição única para passar do outro lado, passar para a vida eterna feliz!
“Quem não carrega sua cruz e caminha
Atrás de mim… não presta para ser meu discípulo!”

Frei Carlos Zagonel

Você pode Gostar de:

Campanha da Fraternidade CNBB 2020

Campanha da Fraternidade 2020: CNBB disponibiliza vídeo para as comunidades. Foi divulgado o vídeo oficial …