Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 1º Domingo do Advento 01.12.2019

Liturgia – 1º Domingo do Advento 01.12.2019

“Vinde todos…deixemo-nos guiar pela luz do Senhor!”

1.ACOLHIDA
A todos os leitores desta página desejo a Paz e o Bem ao longo do Novo Ano Litúrgico. Voltemos nosso olhar e nosso coração para a Palavra de Deus! Nossa vida cotidiana está repleta de palavras, de pouco valor! Há palavras demais! Façamos escolhas, abramos Precisamos fazer escolhas, abrir espaço para a Palavra de Deus! Não apenas um espaço de tempo, mas espaço em nosso coração!
A Palavra de Deus precisa ser acolhida e enterrada no terreno de nosso coração! Aliás, o coração humano é sempre fecundo, mas precisa escolher melhor a semente, pois até a peste (joio) pode crescer em nosso coração! Subamos, portanto, a Montanha do Senhor …para que Ele nos mostre os seus caminhos e nos ensine a observar os seus preceitos!…Vinde todos à Casa do Senhor e deixemo-nos guiar por sua luz!”
O tempo é urgente, é tempo de despertar, pois, Deus pode chamar-nos à prestação de contas, sem aviso prévio! O Senhor – o Filho do Homem – virá de surpresa! A medicina avança e prolonga a vida humana sobre a terra, mas a surpresa é a arma do Filho do Homem: “Ele virá de surpresa, quando menos esperarmos!”

2.PALAVRA DE DEUS
Is 2,1-5 – Deus está em toda a parte, está na montanha e está na planície, mas escutá-lo é necessário! “Subamos à Montanha do Senhor (…) para que Ele nos mostre seus caminhos e nos ensine a observar seus preceitos!”
Rm 13,11-14ª – A “Hora de Deus” está chegando, é hora de despertar, de abandonar os caminhos do pecado e e de todos os excessos que somente fazem mal para nossa alma e para nosso corpo!
Mt 24,37-44 – “A vinda do Filho do homem será como no tempo de Noé; comiam, bebiam e davam-se em casamento (…) até que o dilúvio arrastou todos para o abismo!” A hora em que o Filho do Homem virá, será a que menos esperamos. Será como a hora do ladrão!

3.Reflexão
O profeta Isaias prevê um tempo favorável para os seres humanos: Deus se revelará como luz especial que ajudará o ser humano na escolha dos melhores caminhos de salvação: “Vamos subir à Montanha do Senhor (…) para que Ele nos mostre os caminhos e nos ensine a cumprir os seus preceitos!” Nossa origem é o pó da terra e, por causa do pecado de nossos pais, é para lá que todos nós voltaremos! (Gn 3,19). E nossa vida parece não descolar do pó da terra! E Deus indica-nos o caminho para superar esta nossa condição de pecado, mas está cada vez mais difícil! Aproveitemos o Tempo do Avento para aproximar-nos de Deus permitindo à luz divina e ao profeta guiar os nossos passos.
O tempo urgente não é apenas o parecer do Apóstolo Paulo, é tempo urgente mesmo e, o pior de tudo, é que será um tempo irrepetível (Não haverá outra oportunidade!). Agora, Tempo de Advento, é tempo propício para revestir-se do “homem novo”, abandonando o pecado da bebedeira, da comilança, das orgias sexuais (que não são mais coisas do passado!), das brigas… mas é tempo de revestir-se com as virtudes de Cristo, que morreu na Cruz para nos salvar.
O mundo moderno sofre prá danar nesse tempo de decadência, mas deixa-nos a impressão de recusar o pensamento da morte! A morte deixa todo mundo na vala comum! Morrem ricos e pobres, sábios e ignorantes… todos pagamos o tributo do pecado! O Catecismo antigo recordava-nos quatro verdades fundamentais (Os Novíssimos), ou sejam: A Morte, o Juízo, o Inferno e o Paraíso!. Por isso, o Evangelho de hoje recorda-nos que devemos estar preparados para não nos deixar surpreender com o pior! “Ficai preparados porque, na hora em que menos esperais, o Filho do Homem virá!” A morte é o momento inevitável que abre e revela o valor real de nossa vida! Mas, Jesus, cuja vinda aguardamos, morreu na Cruz para nos salvar, para o sofrimento deste mundo em glória eterna!

Neste Advento, deixemo-nos guiar pela luz do Senhor!”

Frei Carlos Zagonel.

Você pode Gostar de:

Liturgia – 26º Domingo Comum 29.09.2019

LITURGIA – 26º DOMINGO COMUM 29.09.2019. “Tu que és homem de Deus foge das coisas …