Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 29º Domingo Comum 18.10.2020

Liturgia – 29º Domingo Comum 18.10.2020

“A Deus pertence a vida do Povo e não aos poderosos do mundo!”
1.ACOLHIDA
A Deus a honra e a glória, pois, Ele é o Senhor do mundo visível e invisível. O céu e a terra pertencem-lhe, pois, saíram de suas mãos! O universo foi dado ao homem para que ele o cultivasse para a utilidade do próprio homem e para a glória de Deus, o Criador!
O mundo moderno empurra Deus para a sacristia e isso, ainda, é considerado um favor: “Dái Cesar o que é de Cesar!” E Cesar pensa que o mundo é dele! Todo dele! Mas, desde quando é que criou o universo? O universo foi criado por Deus e foi colocado para o serviço e utilidade do homem, mas o homem (Cesar) estragou o universo pela exploração egoísta!
O universo precisa ser devolvido a Deus para servir a toda a criatura humana, como foi estabelecido desde suas origens! Esta devolução está ligada à missão que o próprio Deus estabeleceu para o ser humano: Estar a serviço do homem e ajuda-lo a executar sua vocação de cuidador do jardim, criado por Deus.

2.PALARA DE DEUS
1Ts 1,4-5 – O Apóstolo Paulo recorda aos tessalonicenses que o Evangelho foi revelado a eles por um pequeno grupo de missionários e, principalmente, pela ação do Espírito Santo: “mediante a força que é o Espírito Santo, e isso com toda a abundância!”
Is 45,1.4-6 – Deus vale-se do rei Ciro (pagão) para libertar o Povo de Deus, mas recorda-lhe que Ele é o Senhor, o único Senhor e não existe outro: “Eu sou o Senhor e não há outro!”
Mt 22,15-21 – Sabedoria na resposta de Jesus: “Dai, pois a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus!” Foi resposta para fechar a boca dos hipócritas fariseus; mas, existe algo que não seja, por acaso, de Deus? Tudo é de Deus, tudo saiu e sai de suas mãos e para Deus deve voltar! Tudo deve servir ao Plano de Deus, inclusive, o gênio guerreiro do conquistador Ciro!

3.REFLEXÃO
A união no amor é sinal da presença e atuação do Espírito Santo na vida da Igreja; contudo, o mal também sabe unir-se par atingir seus objetivos: Fariseus e herodianos uniram-se para prejudicar a Jesus. Os maus conhecem a força da união. Eles sabem unir-se para alcançar objetivos perversos. O mundo de hoje vive de conflitos e de divisões! Esta pedagogia é velha como o pecado!
“ É lícito ou não pagar imposta a Cesar?” Se a resposta fosse positiva, Jesus seria condenado como traidor; se a resposta fosse negativa, Ele seria condenado como revoltoso! Mas, jesus observando a moeda do imposta, sentenciou: ”Dái, pois, a Cesar o que é de Cesar e a Deus o que é de Deus!” A união dos maus não teve êxito! O mundo de Deus é complexo e os homens distorcem as coisas e separam os bens espirituais dos bens materiais. Os bens espirituais não interessam ao diabo e os bens materiais não têm nada que ver com Deus! Ele não tem nada a dizer! Os bens materiais são para o homem, mas os homens são escravos do capital e do comércio! Os bens materiais são de Deus, sim, e devem servir para o bem de todos. Mas os homens são escravos dos bens materiais! O homem vive para produzir e produz para comercializar e dominar!
Deus foi excluído do comércio; o mundo do comércio tem estocados bens de consumo suficiente para a população mundial. A “Mãe terra” está sendo usada até o esgotamento, até virar deserto e cemitério da vida! A África era fértil, hoje é deserto estéril. A terra era irrigada por rios caudalosos, mas, hoje, são rios temporários! Cultivar a “Mãe terra” é um preceito divino, mas foi substituído pela exploração suicida

FREI CARLOS ZAGONEL

Você pode Gostar de:

Liturgia – Assunção de Nossa Senhora 16.08.2020

“Então, apareceu no céu um grande sinal!” 1.ACOLHIDA Celebremos com grande alegria a grandeza da …