Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / A Eucaristia salva o mundo

A Eucaristia salva o mundo

 

São Paulo diz: “Nós não lutamos contra a carne e contra o sangue, mas contra os demônios”. Dentro dessa luta espiritual, a adoração pelo sacerdote é importantíssima. E acima de tudo, a nossa adoração pela Eucaristia.

Será que Jesus não se importa que Sua Igreja seja sempre assolada? Seja objeto de escárnio de tantas pessoas? Diante de todos os males da Igreja, o inimigo ri de nós. Será que Jesus não se importa? Mas Jesus não responde. “Ele levantou-se e disse ao mar e ao vento: “Cala-te”.

Enquanto estivermos neste mundo, Jesus estará na barca da Igreja, mas, muitas vezes, parecerá que está dormindo. Então, pensamos: “E os bispos, o Papa? No fundo isso é uma pergunta camuflada, porque, na verdade, a pergunta que queremos fazer é: “E Deus?”.

São Pedro, em sua primeira carta, nos diz: Aprendei a conservar como salvação a paciência”, porque quanto mais Deus demora para vir, mais tempo temos para nos converter.

É muito fácil vermos o pecado dos outros, mas não podemos cair na tentação de achar que os problemas são dos outros, nunca nossos.

O Papa Bento XVI, um homem de visão estratégica espiritual, colocou esse ano [2009\2010] como Ano Sacerdotal. Ele pediu para que as pessoas rezem pelos sacerdotes, que hajam madrinhas e padrinhos espirituais que façam adoração pela santificação dos sacerdotes. Nosso Papa colocou esse Ano Sacerdotal para que os fiéis se coloquem de joelhos a fim de que os sacerdotes possam permanecer de pé.

São Paulo diz: “Nós não lutamos contra a carne e contra o sangue, mas contra os demônios”. Dentro dessa luta espiritual, a adoração pelo sacerdote é importantíssima. E acima de tudo, a nossa adoração pela Eucaristia.

O demônio sabe acabar com a Igreja. Ele sabe que acabando com a Eucaristia, acaba com os padres, destrói os seminários.

Quando os comunistas tomaram conta da Rússia, torturaram cristãos e mataram padres até que chegarem ao patriarca dos cristãos. Então, ao encontrarem-no, perguntaram a ele se queria fazer alguma coisa antes de ir à prisão, ele pediu para celebrar a Eucaristia pela última vez com a certeza de que, com ela, o mundo será salvo.

Nós cremos que em cada Santa Missa que celebramos o mundo está sendo salvo.

Amemos a liturgia. Amemos a Eucaristia.

Transcrição e adaptação: Michele Mimoso

Padre Paulo Ricardo
Reitor do seminário de Cuiabá (MT)
www.padrepauloricardo.org

Você pode Gostar de:

Liturgia – 16º Domingo do Tempo Comum

Maria sentou-se aos pés do Senhor! 1.Acolhida Irmão/ã, não somos convidados a cumprir um dever …