Liturgia Pascal

LITURGIA PASCAL  – 27.03.2016

“Quem crê em Jesus recebe o perdão dos pecados!”

1.Acolhida.
Além da morte ignominiosa de Jesus na cruz, agora, vem a notícia que até seu corpo foi roubado! – “Tiraram o Senhor do túmulo e não sabemos onde o colocaram!”. É desgraça demais para a Comunidade dos discípulos de Jesus. Deixemo-nos conduzir pela luz do Senhor, meditando a Liturgia de hoje

2.Palavra de Deus.
At 10,34-43 – O Papa Francisco deseja uma “Igreja em saída”. O Apóstolo Pedro, testemunhar Jesus junto à família do centurião Cornélio – militar romano e pagão – que Jesus está vivo! O cristão precisa ultrapassar os limites da dor.

Cl 3,1-4 – Quem crê em Jesus ressuscitado precisa viver como Ele e participar de sua ressurreição, revestidos da glória. Jesus nos quer ressuscitados, vivendo uma vida nova.

Jo 20,1-9 – A Comunidade dos discípulos de Jesus estava desolada demais! Abalada para crer na “Boa Nova da Ressurreição de Jesus”. Disse a Maria Madalena: “Tiraram o corpo de Jesus (…) e não sabemos onde o colocaram!”.

3. Reflexão.
Maria Madalena e os discípulos foram ao túmulo quando ainda era escuro. Não esperavam a ressurreição de Jesus (…) e nem sabiam direito o que significava “ressurreição dos mortos”! Sem a certeza da Ressurreição de Jesus, a vida não tem sentido, andamos, ainda, no escuro!

O cristão precisa ultrapassar os limites da dor (Morte de Jesus e nosso próprio sofrimento cotidiana) e acreditar com o Apóstolo João que viu os panos dobrados e acreditou na Ressurreição do Senhor. Os Apóstolos ouviram as Palavras de Jesus e não compreenderam; nos, também, lemos a Bíblia e permanecemos na ignorância – Vemos apenas o sinal dos panos dobrados e não saímos das trevas e da dor! Precisamos receber o Espírito Santo que ilumina o Mistério de Jesus.

A certeza da Ressurreição de Jesus não se isola na alegria pascal; ela deve levar-nos A alegria pascal não pode terminar num “feriado prolongado”. Deus mandou testemunhar a Ressurreição de Jesus, o perdão dos pecados e sua missão de julgar os vivos e os mortos!

Quem crê na Ressurreição de Jesus deve alegrar-se porque foi libertado dos pecados e, por isso, vive como um ressuscitado e aguarda a glória prometida por Jesus: “Então vós também aparecereis como Ele, revestidos de glória!”.

Crer em Jesus não significa fazer parte de um Movimento religioso ou social! É ter a vida transformada. Os Apóstolos saíram da região do medo e da frustração e correram o mundo anunciando que Jesus está vivo, é nosso Salvador e voltará glorioso, para julgar os vivos e os mortos.

Cristo é nossa Páscoa;celebremos esta festa com o coração renovado!”

Frei Carlos Zagonel.

Você pode Gostar de:

Liturgia – Solenidade São Pedro e São Paulo 30.06.2019.

PEDRO E PAULO PLANTARAM A IGREJA (em Roma)E A REGARAM COM O PRÓPRIO SANGUE! 1.Acolhida …