Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 29º Domingo Comum

Liturgia – 29º Domingo Comum

“Quem quiser ser grande, seja vosso servo!”
1.ACOLHIDA:
O mês de outubro é dedicado às Missões na Igreja Católica. – “Ide e fazei discípulos meus todos os povos”. Os discípulos de Jesus são identificados como “Discípulos missionários de Jesus”. O zelo missionário é a nota identificadora = Quem não é missionário, deve questionar a autenticidade de sua fé cristã! Devemos ser missionários como Jesus!

Jesus vai a Jerusalém ao encontro da Cruz e da Morte, mas seus discípulos pensam em honrarias e no primeiro lugar no Reino de Jesus! Para entrar no céu, precisamos abraçar a própria cruz cotidiana e seguir a Jesus até o fim! Seguir a Jesus servindo generosamente a todos os necessitados. Amor é serviço!

2.PALAVRA DE DEUS:
Is 53,10-11 – O “Servo de Javé”, figura profética de Jesus Cristo, vai ser massacrado pelo sofrimento, em nosso favor: “Meu Servo, o justo, fará justos inúmeros homens, carregando sobre si a suas culpas!”.

Hb 4,14-16 – Jesus, o Servo de Javé, passou por todo o sofrimento humano, menos o pecado, para provar seu amor por nós e garantir-nos a salvação eterna!

Mc 10,35-45 – Os discípulos estão longe da proposta de Jesus!  Pedem cargos e honrarias quando Jesus anuncia a própria morte! A proposta de Jesus precisa da luz do Espírito Santo para ser entendida e, principalmente, para ser praticada!

3.REFLEXÃO:
“Servo de Javé” que os especialistas custam identificar é o próprio Deus que se fez carne (humano), descendo até o fundo do abismo de nossa iniqüidade, para nos salvar! “O meu Servo, o justo, fará justos inúmeros homens, carregando sobre si a suas culpas!” Assumiu o nosso sofrimento para abrir-nos, de novo, as portas da felicidade. O pecado é o nosso egoísmo, mas o amor do Servo de Javé é a oblação divina em nosso favor!

“Aproximemo-nos, então, com toda a confiança do trono da misericórdia, para alcançarmos a graça (…) no tempo oportuno”. Jesus não se fez homem para julgar e condenar o mundo (os seres humanos), mas para salvá-los. Não precisamos esconder nosso rosto por vergonha de nossos pecados, mas é melhor dobrar os nossos joelhos e pedir perdão que nos restitui a vida divina… e com ela a alegria de viver.  Dobre seus joelhos, irmão, irmã!

O amor é generoso e, ao mesmo tempo, exigente: Não há mais caminho fácil para o céu! Precisamos carregara nossa cruz seguindo Jesus, a ponto de colocar os nossos próprios pés nas pegadas de Jesus! Não podemos pensar em ir à sua frente e tentar ensinar-lhe o caminho como pretendeu São Pedro! A pretensão de Pedro mereceu-lhe um título especial – “Satanás” = Aquele que desvia para o caminho errado!

Jesus disse para os discípulos ambiciosos: “Vós sabeis que os chefes das nações as oprimem e tiranizam”… e mesmo assim, pretendem ser chamados de benfeitores!… Vos, porém, fostes chamados e escolhidos para servir e não para explorar! Na lógica de Jesus, pretender ser grande significa pôr-se a serviço de todos. Jesus veio para servir e você pretender reinar?

Frei Carlos Zagonel

http://www.paroquiansacoxipo.com.br/conteudo.php?sid=44&cid=5347

Você pode Gostar de:

Preparação para o Vinde e Vede 2019

A Comissão Central do Vinde e Vede 2019 realizou no dia 09 de novembro/2018 às …