Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia do 3º Domingo da Páscoa 18.04.2021

Liturgia do 3º Domingo da Páscoa 18.04.2021

“ENTÃO, JESUS ABRIU A INTELIGÊNCIA DOS DISCÍPULOS PARA ENTENDEREM AS ESCRITURAS.”

1.Acolhida
Jesus abriu a inteligência dos Apóstolos para entenderem as Escrituras; eles, ainda, confundem Jesus com fantasmas, seu olhar, ainda, é carnal, mas Jesus já está no mundo da fé, na glória do PAI. Sem o olhar da fé. Sem o dom da fé, o Mistério de Jesus ressuscitado não passa de uma curiosidade. Quem revela o Mistério da Ressurreição de Jesus é o Espírito Santo, que transforma o nosso coração e retira dele as trevas da ignorância. A Ressurreição de Jesus ilumina nossa carne tenebrosa e nos faz participantes da vida divina do Pai. A fé na Ressurreição de Jesus opera uma profunda transformação em nossa própria natureza: deixamos de ser carnais e nos tornamos participantes da luz divina.

2.Palavra de Deus
At 3,13-19 – O “querigma” de Pedro (homilia) denuncia o pecado do povo (trocaram Jesus por Barrabás), mas Deus glorificou Jesus, ressuscitando-o dos mortos – “Vos matastes o Autor da vida, mas Deus o ressuscitou dos mortos e nós somos testemunhas disso!”
1Jo 2,1-5 – Guardar os Mandamentos do Mestre, Senhor Jesus, é garantia de conhece-lo e experimentar a força de sua energia divina de sua Ressurreição.
Lc 24,35-48 – Jesus aparece, de novo, aos Apóstolos, mas eles o confundem com um fantasma! Mas Jesus pede algo para comer. Deram-lhe um pedaço de peixe assado e Ele o comeu! (fantasma não come). Jesus comeu do peixe e disse-lhes: “São estas coisas que Eu vos falei quando, ainda, estava convosco: era preciso que se cumprisse tudo o que está escrito sobre mim na Lei de Moisés, nos profetas e nos Salmos!”

3.Reflexão
As Escrituras são a porta de entrada para conhecer o Mistério de Jesus; por isso, Jesus abriu a inteligência dos Apóstolos para entenderem as Escrituras que dizem “Assim está escrito: o Cristo sofrerá e ressuscitará dos mortos ao terceiro dia… e vós sereis testemunhas de tudo isso!” ´É necessária a oração e audição para entender a Palavra das Escrituras que antecipam a compreensão dos Mistério de Jesus. Nossa inteligência racional vê fantasmas, mas as Escrituras revelam o Mistério de Jesus.
“Vos rejeitastes o Santo e o Justo e pedistes a libertação para um assassino. Vós matastes o autor da vida, mas Deus o ressuscitou dos mortos e disto nós somos testemunhas!” O pecado é maldade diabólica que fecha nossos olhos para o bem, para a felicidade eterna oferecida por Deus, e faz brilhar a maldade e escolhemos a mentira (propaganda enganosa, fonte de nosso inferno). A luz divina é embaciada pela maldade pecaminosa. Enganados, nós escolhemos o mal que nos engana e abre o abismo de nossa infelicidade eterna.
As aparições de Jesus aos Apóstolos não eram suficientes para convencê-los de que Ele estava vivo. Jesus precisou fazer uma lavagem cerebral na cabeça dos Apóstolos para entender as Escrituras que anunciavam o mundo novo da Ressurreição de Jesus. O mundo espiritual que Jesus anunciou durante sua vida temporal não foi suficiente para romper o “cascão) da materialidade da carne humana. Jesus continuava sendo um fantasma até que Jesus não operasse o milagre da transformação do coração humano e carnal. Nossa vida cristã continua fechada aos sobrenatural enquanto Jesus não abrir não abrir nosso coração e não lavar nossa inteligência para a beleza da vida espiritual.
O Caminho dessa abertura passa pela virtude da humildade do coração, pela oração e pela penitência. É necessário entrar em novo nível, passando do carnal para o espiritual.
FREI CARLOS ZAGONEL.

Você pode Gostar de:

Motu Proprio do Papa sobre Ministério de Catequista

Sala de Imprensa do Vaticano anunciou que na terça-feira, 11 de maio, será apresentado à …