Página Inicial / Galeria de Fotos / A Arquidiocese de Cuiabá acolhe os primeiros venezuelanos

A Arquidiocese de Cuiabá acolhe os primeiros venezuelanos

Nesta manha de sexta feira 07 de abril os primeiros venezuelanos chegaram no Aeroporto Marechal Rondon,cerca de 65 venezuelanos refugiados desembarcam em Cuiabá em avião da Força Aérea Brasileira.


Em nome de toda a Arquidiocese de Cuiabá Dom Milton Santos acolheu juntamente com Padre Pedro, Coordenador da Casa do Migrante,com muito carinho as famílias em buscam novas oportunidades para superar a Crise.
Também estiveram nesta primeira acolhida os representantes (Assistentes Sociais) da Prefeitura de Cuiabá, do Estado de Mato Grosso e membros da Pastoral do Migrante.


O processo de interiorização dos imigrantes é organizado pelo governo federal numa tentativa de lidar com o intenso fluxo de venezuelanos. Estima-se que 400 refugiados entram por dia no Brasil fugindo do regime de Nicolás Maduro.
Segundo a Casa Civil, os imigrantes aderiram de forma voluntária ao processo para buscar oportunidades de trabalho em outras partes do país. Eles são solicitantes de refúgio ou tem residência temporária no Brasil.
Para se habilitar ao deslocamento, os venezuelanos foram imunizados contra doenças como sarampo, caxumba, rubéola, febre amarela, difteria, tétano e coqueluche.


As alegria nos olhos dessas familias de serem recebidas de braços abertos pelos cuiabanos,é algo muito dificil de descrever,crianças,jovens,pais e mães em busca de um amanhã melhor,de um futuro de paz e de dignidade humana.
Após a acolhida todos foram encaminhados para a Casa do Migrante, no bairro Carumbé.
E toda a Arquidiocese de Cuiabá é convidada a auxiliar com doações de roupas, calçados, lençóis, toalhas, produtos de higiene, alimentos, colchões e colchonetes.As doações podem ser entregues na Paróquia Divino Espírito Santo no CPA 1 ou na Casa do Migrante.

Já na Casa do Migrante todos já estão sendo muito bem acolhidos,já fizeram sua primeira refeição em território Cuiabano, receberam as bençãos do nosso Arcebispo Metropolitano Dom Milton e as orientações do regimento interno da casa bem como os kits de higiene pessoal. Confira em nossa galeria algumas fotos deste momentos,clique aqui.

 

Neste dia de acolhida nos cabe recordar um trecho de uma música de Padre Zezinho..

“Eu venho do sul e do norte do oeste e do leste, de todo lugar
Estrada da vida eu percorro / Levando socorro a quem precisar
Assunto de paz é meu forte / Eu cruzo montanhas e vou aprender
O mundo não me satisfaz /O que eu quero é a paz, o que eu quero é viver

No peito eu levo uma cruz / No meu coração o que disse Jesus.

 

 

Você pode Gostar de:

Na Audiência Geral, Papa recorda viagem apostólica: “Com Maria viajo seguro”

Na Audiência Geral, Papa recorda viagem apostólica: “Com Maria viajo seguro”. Poucas horas depois de …