Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia – 25º Domingo Comum 19.09.2021

Liturgia – 25º Domingo Comum 19.09.2021

“ARMEMOS CILADAS AOS JUSTO,PORQUE SUA PRESENÇA NOS INCOMODA!”
1.Acolhida
Neste tempo, sobre a terra, é tempo de luta entre o Bem e o Mal, entre Deus e o Príncipe do Mal! Mas a sorte já está definida: Será a vitória do Bem, dos justos, pois estes têm a proteção do Senhor do universo. Para os justos é tempo de paciência, pois Deus quer a salvação de todos, inclusive, dos pecadores, soldados do Mal.
O Príncipe do Mal – o Diabo – não tem descanso, pois os justos nem precisam falar! A vida deles é sua fala, e a paciência é sua estratégia ou seja: crer firmemente no poder e no amor de nosso Deus!
O Apóstolo São Tiago recomenda-nos a sabedoria que vem do alto, e nossa luta trava-se dentro de nosso íntimo, pois, as consequências do pecado original presentes em nossa vida: “Não vêm, justamente, das paixões que estão em conflito dentro de vós?
Satanás somente sabe tentar, mas Jesus Cristo sabe morrer na cruz para nos resgatar! E o Sangue de Cristo é precioso e poderoso para nos resgatar das trevas!

2.Palavra de Deus
Sb 2,12-20 – “Armemos ciladas contra o justo… Vamos condená-lo à morte vergonhosa porque, de acordo com sua palavra, virá alguém em seu socorro!” Segundo a Sabedoria divina, precisamos reavivar nossa fé no amor e na proteção divina!
Tg 3,16-4,3 – O justo vive neste mundo e traz dentro de si o conflito das paixões, consequência do pecado original. Precisamos vencer a batalha interna, entre o Bem e o Mal que estão em nosso íntimo! Mas Deus está conosco, tenhamos confiança no seu amor!
Mc 9,30-37 – Jesus anuncia, mais uma vez, a sua morte ignominiosa, seguida da Ressurreição! Mas os Apóstolos, nada entendem e discutem posições de poder e de primeiro lugar!

3.Reflexão
“Armemos ciladas…” A vida do justo não é pacífica, pois Satanás não cansa de armar ciladas contra ele! E ele tem aliados externos e internos: nossas próprias paixões e a raiva do Príncipe do Mal, Satanás! Mas Jesus morreu e ressuscitou por nós. Seu Sangue derramado na Cruz, é poderoso. Ele – Jesus está vivo e é nosso Salvador. Reavivemos nossa fé no seu amor e no seu poder!
Para fazer frente às ciladas do inimigo, precisamos pacificar nosso coração, acabar com as lutas em nosso íntimo e isto só é possível com a luz da sabedoria divina e a prática do Bem e da Justiça. Estamos neste mundo, mas não somos seus membros! Somos membros resgatados pelo Sangue de Jesus! Vivamos na graça e pratiquemos a Justiça e, então nossa vida vai incomodar o Príncipe do Mal!
Mas para vencer o Príncipe do Mal é necessário deixar-se conduzir pela luz do Espírito e vencer o mal que está em nosso íntimo – “Não vêm justamente das paixões que estão em conflito dentro de vós?” Pacifiquemos nosso coração pela prática da Justiça e do Amor e o mundo ficará raivoso contra nós, pois seremos os justos que incomodam os pecadores, armadores de ciladas!
Jesus fala de morte e de ressurreição e os apóstolos discutem problemas de poder e de primeiros lugares! Eles não haviam, ainda, recebido o Espírito Santo! Jesus afirma-lhes: “Se alguém quiser ser o primeiro, que seja o último de todos e aquele que serve a todos!” Para ser um cristãos honesto, é necessário converter-se a Jesus, ser um homem novo e abandonar os princípios da carne e viver a vida do Espírito Santo!
“Quem acolher uma criança, em meu nome, é a mim que acolhe!”
FREI CARLOS AGONEL.

Você pode Gostar de:

Ano Jubilar Missionário – CNBB

ANO JUBILAR MISSIONÁRIO SERÁ LANÇADO COM ABERTURA OFICIAL EM LIVE AMANHÃ, SÁBADO, 20 DE NOVEMBRO, …