Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia do 4º Domingo do Advento 19.12.2021

Liturgia do 4º Domingo do Advento 19.12.2021

“EU VIM, Ó Deus, para fazer a tua vontade!”
1.Acolhida
Deus é senhor de seus caminhos e nós devemos estar atentos para descobri-los! Maria busca refúgio junto a Isabel, mas Deus revela o segredo de sua gravidez: Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, a criança saltou de alegria no ventre de Isabel e ela ficou cheia do Espírito Santo e exclamou: “Como posso merecer que a Mãe de meu Senhor venha me visitar?” Marial busca refúgio e Deus revela o seu segredo!
O Messias tem sua origem desde os tempos remotos, desde os dias da eternidade. Mas Ele será o Príncipe da Paz, pois virá para apagar os nossos pecados! O Natal será, portanto, a inauguração do tempo da Paz: “Ele será a Paz, pois Ele é o Príncipe da Paz em seu Sangue a ser derramado na Cruz.

2.Palavra de Deus
Mq 5,1-4ª –“De Belém sairá aquele que dominará Israel: Ele dominará e apascentará com a força do Senhor… e os homens viverão em paz! Ele mesmo será a Paz!”
Hb 10,5-10 – “E Tu não quisestes vítimas e nem oferenda, mas formastes-me um corpo… Eu vim fazer a tua vontade!” O Messias suprime o sacrifício de animais e oferece a si mesmo… e nós somos resgatados, santificados, pela oferenda do corpo de Jesus Cristo, oferecido uma vez por todas!”
Lc 1,39-45 – Isabel sentiu a alegria do filho que exultou em seu ventre e, então, ela exclamou: ”Como, posso merecer que a Mãe de meu Senhor me venha visitar?”

3.Reflexão
Na História da Salvação, os homens se agitam, mas Deus escreve direito pelas linhas confusas dos homens. Deus conduz a história por seus caminhos secretos. Maria busca refúgio na casa de Isabel, sua parente. Mas Deus serve-se dela para revelar o seu segredo: Ela está gravida do Messias, Isabel fica cheia do Espírito Santo e o Precursor – João Batista – exulta de alegria, pois, foi purificado ainda no ventre de sua mãe, Isabel. De fato, Deus é senhor de seus caminhos! Nós somos instrumentos manejados livremente por Deus. Prestemos atenção, buscando os caminhos de Deus e poderemos descobrir a alegria de conhecer a sabedoria de Deus na condução da História e na condução de nossa vida pessoal!
Deus não se agrada dos Sacrifícios de animais, embora sejam repetidos diariamente. Eles não têm a força de perdoar os nossos pecados. Nós somos perdoados pela Sangue de Jesus, derramado uma única vez: “É graças a este oferenda do Sangue do Filho de Deus que nós somos perdoados de todos os nossos pecados. Nós somos salvos pelo Sangue de nosso Deus! Pensemos nisso para despertar, em nosso coração, a alegria de nossa salvação. Nós sós salvos por amor e gratuitamente! Amor gratuito, eterno, pessoal e sangrento! Não podemos desconfiar de nossa alvação, pois, temos um aval divino! Desconfiar deste amor divino seria cometer o pecado contra o Espírito Santo, tão condenado pelo próprio Jesus!
Tempo de Advento e de Natal é tempo de vigiar para perceber os caminhos de Deus em nossa vida. São caminhos de amor, de ternura e de misericórdia em nossa vida! Como é bom pensar o Natal como tempo da revelação do amor infinito de nosso Deus. Ele é o Senhor e o Mestre e sempre deseja o nosso bem e nossa salvação.

“Iluminai vossa face sobre nós, convertei-nos para que sejamos salvos!”

FREI CARLOS ZAGONEL.

Você pode Gostar de:

Falecimento compositor católico Reginaldo Veloso

Faleceu, na noite de quinta-feira, 19 de maio, o compositor católico Reginaldo Veloso, aos 84 …