Página Inicial / Artigos Padres da Arquidiocese / Liturgia do Domingo de Ramos 10.04.2022

Liturgia do Domingo de Ramos 10.04.2022

09“Bendito o Rei que vem em nome do Senhor! Paz nos céus e glória nas alturas!”

1.Acolhida
“Acolhamos com ramos nas mãos Àquele que sendo Deus, vem a nós como humilde servidor!” Jesus é o “Rei Salvador”, mas não vem com a arrogância dos poderosos, mas com a humildade dos servidores! Amor infinito, mas amor humilde que vem com a humildade de um servidor que precisou de um burrinho emprestado para entrar na cidade de Jerusalém!
O profeta Isaías descreve a vinda de Jesus, com todo o drama da Paixão 700 anos antes de acontecer!

2.Palavra de Deus
Is 50,4-7 – “Conservei o rosto impassível como uma pedra porque não seria humilhado? Jesus foi humilhado, sim! mas foi glorificado pela Ressurreição gloriosa.
Fl 2,6-11 – Jesus foi humilhado sim, pelo sofrimento de escravo, mas recebeu do Pai a glória de um nome diante do qual todo joelho deve dobrar-se porque Ele é o Senhor!
Lc 23,1-49 – Ouçamos a proclamação da Leitura da Paixão do Senhor e prestemos bem a atenção aos sofrimentos que Jesus suportou para nos salvar. Silencie sua boca e escute com o coração. Reze sem falar; reze com seu coração!

3.Reflexão
Qualquer comentário sobre a Paixão do Senhor é um empobrecimento do Mistério da Morte do Senhor Jesus Cristo! Meditar sobre a Paixão do Senhor Jesus Cris não é interessante ou sobre a teimosia daqueles que o crucificaram é inútil. O Sudário de Turim não deixa dúvidas a respeito deste sofrimento físico e moral sofrido por Jesus, especialmente durante o “Tríduo Pascal!” E saber que foi por mim que Ele sofreu! Como é terrível e devastador o pecado humano e como é infinito o sofrimento sofrido no “Tríduo Pascal!” E como é gratuito o amor de Jesus Cristo por nós, homens pecadores!
Deus Pai envia-nos seu próprio Filho para nos salvar e nós preferimos o assassino Barrabás, homicida e ladrão! De fato, o diabo está livre para vingar-se de Jesus! Ele se vinga do fracasso das tentações, e dos milagres feitos em favor dos doentes e endemoniados, dos pobres e humilhados que Jesus curou em sua breve estadia entre os entre nós, os homens. A maldade praticada contra Jesus não pode ser humana. É a vingança diabólica contra Jesus por causa de seu amor misericordioso por Eles perdoando-lhes os pecados! A vingança diabólica contra Jesus é o preço de nosso resgate! Jesus não se valeu de seu poder para defender-se, mas de seu amor infinito para salvar-nos!
“Pai, perdoa-lhes porque eles não sabem o fazem!” Jesus, de fato carrega o peso de nossos pecados, oferece o seu Sangue para apaga-los. Os dois malfeitores que foram crucificados com Ele…Um deles blasfemava e o outro, arrependido, pede misericórdia: ”Senhor lembra-te de mim quando estiveres no teu reinado!” E Jesus lhe respondeu: ”Em verdade Eu te digo, ainda hoje estarás comigo no paraíso!”
Somos pecadores, mas imitemos o malfeitor arrependido! Jesus é reconhecido justo pelo oficial romano… A graça faz milagres nos corações humildes. E Jesus entrega sua alma ao Pai dizendo: “Pai, em tuas mãos eu entrego o meu espírito!. E espirou porque em seu corpo não havia mais sangue para circular!

FREI CARLOS ZAGONEL

 

Você pode Gostar de:

Falecimento compositor católico Reginaldo Veloso

Faleceu, na noite de quinta-feira, 19 de maio, o compositor católico Reginaldo Veloso, aos 84 …