Página Inicial / Animação Litúrgica / Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo(26.11)

Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo(26.11)

SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO REI DO UNIVERSO
O AMOR CONCRETO, AOS POBRES E EXCLUÍDOS, SERÁ O CRITÉRIO DO JULGAMENTO FINAL
Dia Nacional dos Cristãos Leigos e Leigas
26 de novembro de 2017
SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO.
Cor Litúrgica: Branco
A.: Meus irmãos, a Solenidade de Cristo Rei encerra o Ano Litúrgico, mostrando-nos que participamos do
Seu Reino quando n’Ele servimos aos mais pequeninos. É na doação e na caridade ativa que resplandece o
reinado do Senhor. Iniciemos, com alegria, a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – R.: TU ÉS O REI DOS REIS! O DEUS DO CÉU DEU-TE O REINO FORÇA E GLÓRIA. E
ENTREGOU EM TUAS MÃOS A NOSSA HISTÓRIA. TU ÉS REI E O AMOR É TUA LEI./ 1. Sou o primeiro e
derradeiro, fui ungido pelo amor. Vós sois meu povo, Eu, vosso Rei e Senhor Redentor./ 2. Vos levarei às
grandes fontes, dor e fome não tereis! Vós sois meu Povo, Eu vosso Rei, junto a mim vivereis!
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: A
graça e a paz de Deus, nosso Pai, e de Jesus Cristo, nosso Senhor, estejam convosco! TODOS: BENDITO
SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL – P.: No dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, também
nós somos convidados a morrer para o pecado e a ressurgir para uma vida nova. Reconheçamo-nos
necessitados da misericórdia do Pai (pausa). P.: Cantemos: 1. Eu confesso a Deus e a vós, irmãos, tantas
vezes pequei, não fui fiel: / pensamentos e palavras, atitudes, omissões… Por minha culpa, tão grande
culpa. SENHOR, PIEDADE! CRISTO, PIEDADE! TEM PIEDADE, Ó SENHOR!/ 2. Peço à Virgem Maria, nossa
Mãe, e a vós, meus irmãos, rogueis por mim a Deus Pai que nos perdoa e nos sustenta em sua mão. Por
seu amor, tão grande amor.
P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna.
TODOS: AMÉM.
P.: Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, tende piedade de
nós. TODOS: CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE
PIEDADE DE NÓS.
4. HINO DE LOUVOR – Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus,
Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos
glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor
Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós
que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de
nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória
de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Deus eterno e todo-poderoso, que dispusestes restaurar todas
as coisas no vosso amado Filho, Rei do universo, fazei que todas as criaturas, libertas da escravidão e
servindo à vossa majestade, vos glorifiquem eternamente. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na
unidade do Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A.: Irmãos caríssimos: Cristo é a Palavra revelada do Pai para a salvação dos seres humanos. Abramos o
nosso coração para que a mensagem de salvação penetre em nossas vidas.
1ª LEITURA (Ez 34, 11-12.15-17) – Leitura da Profecia de Ezequiel.
11Assim diz o Senhor Deus: “Vede! Eu mesmo vou procurar minhas ovelhas e tomar conta delas. 12Como o
pastor toma conta do rebanho, de dia, quando se encontra no meio das ovelhas dispersas, assim vou
cuidar de minhas ovelhas e vou resgatá-las de todos os lugares em que foram dispersadas num dia de
nuvens e escuridão. 15Eu mesmo vou apascentar as minhas ovelhas e fazê-las repousar – oráculo do Senhor
Deus –. 16Vou procurar a ovelha perdida, reconduzir a extraviada, enfaixar a da perna quebrada, fortalecer
a doente, e vigiar a ovelha gorda e forte. Vou apascentá-las conforme o direito. 17Quanto a vós, minhas
ovelhas, – assim diz o Senhor Deus – eu farei justiça entre uma ovelha e outra, entre carneiros e bodes”.
Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – (DO SALMO 22/23)
R.: O SENHOR É O PASTOR QUE ME CONDUZ; NÃO ME FALTA COISA ALGUMA./ 1. Pelos prados e
campinas verdejantes ele me leva a descansar. Para as águas repousantes me encaminha, e restaura as
minhas forças./ 2. Preparais à minha frente uma mesa, bem à vista do inimigo, e com óleo vós ungis minha
cabeça; o meu cálice transborda./ 3. Felicidade e todo bem hão de seguir-me por toda a minha vida; e, na
casa do Senhor, habitarei pelos tempos infinitos.
8. 2ª LEITURA (1Cor 15, 20-26.28) – Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios.
Irmãos: 20Na realidade, Cristo ressuscitou dos mortos como primícias dos que morreram. 21Com efeito, por
um homem veio a morte, e é também por um homem que vem a ressurreição dos mortos. 22Como em
Adão todos morrem, assim também em Cristo todos reviverão. 23Porém, cada qual segundo uma ordem
determinada: Em primeiro lugar, Cristo, como primícias; depois, os que pertencem a Cristo, por ocasião da
sua vinda. 24A seguir, será o fim, quando ele entregar a realeza a Deus-Pai, depois de destruir todo
principado e todo poder e força. 25Pois é preciso que ele reine, até que todos os seus inimigos estejam
debaixo de seus pés. 26O último inimigo a ser destruído é a morte. 28E, quando todas as coisas estiverem
submetidas a ele, então o próprio Filho se submeterá àquele que lhe submeteu todas as coisas, para que
Deus seja tudo em todos. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: ALELUIA, ALELUIA, AALELUIA!/ É bendito aquele que vem vindo,
que vem vindo em nome do Senhor, e o Reino que vem seja bendito, ao que vem e a seu Reino, o louvor!
10. EVANGELHO – (Mt 25, 31-46) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.:
Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: 31“Quando o Filho do Homem vier em sua glória,
acompanhado de todos os anjos, então se assentará em seu trono glorioso. 32Todos os povos da terra
serão reunidos diante dele, e ele separará uns dos outros, assim como o pastor separa as ovelhas dos
cabritos. 33E colocará as ovelhas à sua direita e os cabritos à sua esquerda. 34Então o Rei dirá aos que
estiverem à sua direita: ‘Vinde, benditos de meu Pai! Recebei como herança o Reino que meu Pai vos
preparou desde a criação do mundo! 35Pois eu estava com fome e me destes de comer; eu estava com
sede e me destes de beber; eu era estrangeiro e me recebestes em casa; 36eu estava nu e me vestistes; eu
estava doente e cuidastes de mim; eu estava na prisão e fostes me visitar’. 37Então os justos lhe
perguntarão: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome e te demos de comer? Com sede e te demos de
beber? 38Quando foi que te vimos como estrangeiro e te recebemos em casa, e sem roupa e te vestimos?
39Quando foi que te vimos doente ou preso, e fomos de visitar?’ 40Então o Rei lhes responderá: ‘Em
verdade eu vos digo que todas as vezes que fizestes isso a um dos menores de meus irmãos, foi a mim que
o fizestes!’ 41Depois o Rei dirá aos que estiverem à sua esquerda: ‘Afastai-vos de mim, malditos! Ide para o
fogo eterno, preparado para o diabo e para os seus anjos. 42Pois eu estava com fome e não me destes de
comer; eu estava com sede e não me destes de beber; 43eu era estrangeiro e não me recebestes em casa;
eu estava nu e não me vestistes; eu estava doente e na prisão e não fostes me visitar’. 44E responderão
também eles: ‘Senhor, quando foi que te vimos com fome, ou com sede, como estrangeiro, ou nu, doente
ou preso, e não te servimos?’ 45Então o Rei lhes responderá: ‘Em verdade eu vos digo todas as vezes que
não fizestes isso a um desses pequeninos, foi a mim que não o fizestes!’ 46Portanto, estes irão para o
castigo eterno, enquanto os justos irão para a vida eterna”. Palavra da Salvação. TODOS: GLÓRIA A VÓS,
SENHOR.
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu
único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria,
padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou
ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar
os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na
remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO UNIVERSAL – P.: Irmãos, o Rei todo-poderoso que está no céu se identifica com os humildes,
empobrecidos e oprimidos que estão na terra. Peçamos pelas necessidades da Igreja e do mundo, dizendo:
Senhor, venha a nós o Vosso Reino!
TODOS: SENHOR, VENHA A NÓS O VOSSO REINO!
1) Pelo Santo Padre, o Papa Francisco, e todo o clero, para que sejam fortalecidos na missão de edificar o
Reino de Cristo, anunciando a paz, a justiça e a misericórdia, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, VENHA A NÓS O VOSSO REINO!
2) Pelos governantes de todas as Nações, para que exerçam com humildade o encargo a eles confiado,
promovendo a paz e o cuidado com os mais necessitados, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, VENHA A NÓS O VOSSO REINO!
3) Por todas as pessoas que vivem longe de Deus, para que ouçam a voz de Cristo que os convida a
participar de Seu Reino, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, VENHA A NÓS O VOSSO REINO!
4) Por todos nós aqui reunidos, para que, cotidianamente, saibamos realizar as obras de misericórdia
corporais e espirituais e assim socorrer as necessidades do nosso próximo, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, VENHA A NÓS O VOSSO REINO!
(Preces Espontâneas):
P.: Cristo Senhor, Rei do Universo, atendei nossos pedidos e fortalecei nossa vontade em Vos servir nos
mais pequeninos. Vós que sois Deus com o Pai, na unidade do Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – R.: IGUAL PASTOR, OVELHAS SEPARANDO: LONGE DOS LOBOS, IRÃO FICAR!
REBANHO ENTÃO, OUVIRÁ A VOZ DO REI: “ENTRAI NO REINO QUE VOS PREPAREI.”/ 1. Tive fome e me
deste de comer. Tive sede e me deste de beber. Quando nu, me cobriu o vosso manto. Com bondade,
aliviaste meu sofrer!/ 2. Peregrino eu fui e me acolheste! Foste ver-me tão triste na prisão! E no leito de
dor me consolaste! Me acolheste assim, em cada irmão.
15. P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Oferecendo-vos estes dons que nos reconciliam convosco, nós
vos pedimos, ó Deus, que o vosso próprio Filho conceda paz e união a todos os povos. Por Cristo, nosso
Senhor. TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA III – MR (p.482) – Prefácio Cristo, Rei do Universo – MR (p. 384) –
18. RITO DA COMUNHÃO
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Alimentados pelo pão da imortalidade, nós
vos pedimos, ó Deus, que, gloriando-nos de obedecer na terra aos mandamentos de Cristo, Rei do
universo, possamos viver com ele eternamente no reino dos céus. Por Cristo, nosso Senhor.
TODOS: AMÉM.
21. ATO DE CONSAGRAÇÃO DO GÊNERO HUMANO A JESUS CRISTO REI
Dulcíssimo Jesus, Redentor de gênero humano, lançai Vosso olhar sobre nós, humildemente prostrados
diante do Vosso altar. Somos e queremos ser Vossos; e a fim de podermos estar mais intimamente unidos
a Vós, cada um de nós se consagra hoje espontaneamente ao Vosso Sacratíssimo Coração. Muitos há que
nunca Vos conheceram. Muitos, desprezando os Vossos mandamentos, Vos renegaram. Tende piedade de
uns e de outros e trazei-os todos ao Vosso Sagrado Coração. Senhor, sede Rei, não somente dos fiéis que
nunca de Vós se afastaram, mas também dos filhos pródigos que Vos abandonaram. Fazei que eles
retornem o quanto antes à casa paterna, para não perecerem de miséria e de fome. Sede Rei dos que
vivem iludidos no erro, ou separados pela discórdia. Trazei-os ao porto da verdade e à unidade da fé, para
que, em breve, haja um só rebanho e um só Pastor. Senhor, guardai incólume a Vossa Igreja e dai-lhe
segura liberdade. Concedei a todos os povos a tranquilidade da ordem. Fazei que, de um polo a outro da
terra, uma só voz ressoe: Louvado seja o Coração Divino, que nos trouxe a salvação; honra e glória a Ele
por todos os séculos! Amém!
RITOS FINAIS
22. BREVES AVISOS
23. BÊNÇÃO FINAL

Preparando a Partilha da Palavra

O Ano Litúrgico termina com a festa de Cristo Rei. Fica a pergunta: quem é esse Cristo Rei para a comunidade reunida para tornar celebre o memorial da Páscoa? A 1ª leitura mostra em que consiste a realeza de Deus: serviço à liberdade e à vida das pessoas. No Evangelho somos comprometidos à prática da justiça, traduzida na solidariedade e partilha com todos. Na 2ª leitura, Paulo, com a Ressurreição de Jesus comprova a vitória da justiça. Nas obras de
misericórdia – dar de comer, de beber, acolher s estrangeiros, vestir os nus, visitar os doentes  e os prisioneiros – Jesus nos ensina a encontrá- Lo nos necessitados. É no exercício do poder-serviço, seguindo os passos do Mestre, que a realeza de Cristo Jesus se concretiza em nossas comunidades. Só é possível proclamar a realeza de Cristo quando os necessitados experimentam a liberdade e o direito à vida digna.

LEITURAS DA SEMANA
2ª-f: Dn 1,1-6.8-20; Cânt.: Dn 3,52.53.54-55.56 (R/. 52b); Lc 21,1-4
3ª-f.: Dn 2,31-45; Cânt.: Dn 3,56.58.59.60.61 (R/. 59b); Lc 21,5-11
4ª-f: Dn 5,1-6.13-14.16-17.23-28; Cânt.: Dn 3,62.63.64.65.66.67 (R/. 59b); Lc 21,12-19
5ª-f: André Ap, festa. Rm 10,9-18; Sl 18(19A); Mt 4,18-22
6ª-f: Dn 7,2-14; Cânt.: Dn 3,75-77.78-79.80-81 (R/. 59b); Lc 21,29-33
Sáb: Dn 7,15-27; Cânt.: Dn 3,82-83.84-85.86-87 (R/. 59b); Lc 21,34-36 – I Vésperas do 1º Domingo do
Advento. I volume da Liturgia das Horas. Nas Completas, a partir de hoje, começa a antífona mariana Alma
Redemptoris Mater.
Segunda Semana do Saltério
Trigésima Quarta Semana do Tempo Comum

Você pode Gostar de:

23º Domingo do Tempo Comum(10.09)

JESUS NOS ENSINA A PRÁTICA DA CORREÇÃO FRATERNA 10 de setembro de 2017 Cor Litúrgica: …