Página Inicial / Animação Litúrgica / 29º Domingo do Tempo Comum(21.10)

29º Domingo do Tempo Comum(21.10)

SERVIR É DAR A VIDA: EIS O CAMINHO!
Dia das Missões e da Infância Missionária

21 de outubro de 2012
VIGÉSIMO NONO DOMINGO DO TEMPO COMUM
DIA MUNDIAL DAS MISSÕES E DA OBRA PONTIFÍCIA DA INFÂNCIA MISSIONÁRIA
Cor Litúrgica: Verde
A.: Irmãos amados, neste Dia Mundial das Missões e da Infância Missionária, peçamos ao Cristo a graça da
conversão, abandonando o orgulho e a sede desenfreada de poder. Rezemos, em especial, por todos os
missionários e pela ação missionária da Igreja em nossa Arquidiocese e em todos os lugares do mundo.
Fiquemos de pé e iniciemos, com alegria, a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – R.: O SENHOR NECESSITOU DE BRAÇOS, PARA AJUDAR A CEIFAR A MESSE,
E EU OUVI SEUS APELOS DE AMOR, ENTÃO RESPONDI: AQUI ESTOU! AQUI ESTOU!/ 1. Eu vim para dizer que eu quero te seguir, eu quero viver com muito amor o que aprendi./ 2. Eu vim para dizer que eu quero te ajudar, eu quero assumir a tua cruz e carregar./ 3. Eu vim para dizer que eu vou profetizar, eu quero ouvir a tua voz e propagar./ 4. Eu vim para dizer que eu vou te acompanhar, e com meus irmãos um mundo novo edificar.
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: A
graça e a paz de Deus, nosso Pai, e de Jesus Cristo, nosso Senhor, estejam convosco! TODOS: BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL – P.: No início desta celebração eucarística, peçamos a conversão do coração, fonte de
reconciliação e comunhão com Deus e com os irmãos e irmãs. P.: Senhor, que viestes ao mundo para nos
salvar, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, que continuamente nos visitais com a graça do vosso Espírito, tende piedade de nós. TODOS. CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, que vireis um dia para julgar as nossas obras, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE
PIEDADE DE NÓS. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM.
4. HINO DE LUVOR – Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus, Rei
dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos
glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor
3Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Deus eterno e todo-poderoso, dai-nos a graça de estar sempre ao vosso dispor, e vos servir de todo o coração. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A.: Meus irmãos, o espírito de humildade e de serviço é fundamental para um válido e coerente testemunho do Evangelho. Ouçamos com atenção as leituras de hoje.
6. 1ª LEITURA (Is 53, 10-11) – Leitura do Livro do Profeta Isaías.
10O Senhor quis macerá-lo com sofrimentos. Oferecendo sua vida em expiação, ele terá descendência
duradoura, e fará cumprir com êxito a vontade do Senhor. 11Por esta vida de sofrimento, alcançará luz e uma ciência perfeita. Meu Servo, o justo, fará justos inúmeros homens, carregando sobre si suas culpas. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – (Do Salmo 32/33) R.: SOBRE NÓS VENHA, SENHOR, A VOSSA GRAÇA, POIS EM
VÓS NÓS ESPERAMOS!/ 1. Pois reta é a palavra do Senhor e tudo o que ele faz merece fé. Deus ama o direito e a justiça, transborda em toda a terra a sua graça./ 2. Mas o Senhor pousa o seu olhar sobre os que o temem e que confiam, esperando em seu amor, para da morte libertar as suas vidas e alimentá-los, quando é tempo de penúria./ 3. No Senhor nós esperamos confiantes porque ele é nosso auxílio e proteção!/ Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, da mesma forma que em vós nós esperamos!
8. 2ª LEITURA (Hb 4, 14-16) – Leitura da Carta aos Hebreus.
Irmãos: 14Temos um sumo sacerdote eminente, que entrou no céu, Jesus, o Filho de Deus. Por isso,
permaneçamos firmes na fé que professamos. 15Com efeito, temos um sumo sacerdote capaz de se
compadecer de nossas fraquezas, pois ele mesmo foi provado em tudo como nós, com exceção do pecado.
16 Aproximemo-nos então, com toda a confiança, do trono da graça, para conseguirmos misericórdia e
alcançarmos a graça de um auxílio no momento oportuno. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA!/ 1. Jesus Cristo veio servir, Cristo veio dar sua vida. Jesus Cristo veio salvar, viva Cristo, Cristo viva!
10. EVANGELHO – (Mc 10, 35-45) – mais longo – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo, segundo Marcos. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo, 35Tiago e João, filhos de Zebedeu, foram a Jesus e lhe disseram: Mestre, queremos que
faças por nós o que vamos pedir”. 36Ele perguntou: “O que quereis que eu vos faça?” 37Eles responderam:
“Deixa-nos sentar um à tua direita e outro à tua esquerda, quando estiveres na tua glória!” 38Jesus então lhes disse: “Vós não sabeis o que pedis. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber? Podeis ser batizados com o batismo com que vou ser batizado?” 39Eles responderam: “Podemos”. E ele lhes disse: “Vós bebereis o cálice que eu devo beber, e sereis batizados com o batismo com que eu devo ser batizado. 40Mas não 4 depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. É para aqueles a quem foi reservado”. 41Quando os outros dez discípulos ouviram isso, indignaram-se com Tiago e João. 42Jesus chamou os doze e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações as oprimem e os grandes as tiranizam. 43Mas, entre vós, não deve ser assim: quem quiser ser grande, seja vosso servo; 44e quem quiser ser o primeiro, seja o escravo de todos. 45Porque o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos”. Palavra da Salvação. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR.
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, Criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu
único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO DOS FIÉIS – P.: Caríssimos irmãos, com o desejo de servir a Deus e ao próximo, elevemos nossas preces ao Pai cheios de confiança e digamos: Ouvi-nos, Senhor!
TODOS: OUVI-NOS, SENHOR!
1) Pela Santa Igreja de Deus, para que, consciente da própria identidade missionária, testemunhe sempre
mais a misericórdia, a ternura e o amor de Cristo, rezemos ao Senhor.
TODOS: OUVI-NOS, SENHOR!
2) Pelo nosso Bispo Auxiliar Emérito, Dom Francisco de Paula Victor, que no próximo dia 26 comemora o
aniversário de sua ordenação episcopal, para que, por meio do serviço oculto da oração, continue
acompanhando a obra missionária em nossa Arquidiocese, rezemos ao Senhor.
TODOS: OUVI-NOS, SENHOR!
3) Pelos governantes de todas as Nações, para que aprendam a exercer as suas funções de autoridade
como um serviço, na perspectiva do bem comum, rezemos ao Senhor.
TODOS: OUVI-NOS, SENHOR!
4) Pelas visitas pastorais missionárias que estão acontecendo em nossas Paróquias, para que suscitem o
ardor missionário nos fiéis de nossa Arquidiocese, rezemos ao Senhor.
TODOS: OUVI-NOS, SENHOR!
5) Por todos nós aqui reunidos, para que Cristo nos livre de toda competição interesseira, da luta pelo
poder, e nos conduza ao caminho de uma convivência fraterna, alicerçada no serviço e na gratuidade do
amor, rezemos ao Senhor.
TODOS: OUVI-NOS, SENHOR!
(Preces Espontâneas)
5 P.: Inspirai, Senhor, as nossas ações e ajudai-nos a realizá-las, para que em Vós comece e termine tudo aquilo que fizermos. Por Cristo, nosso Senhor.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – 1. Muitos grãos de trigo se tornaram pão; hoje são teu corpo, ceia e comunhão.
Muitos grãos de trigo se tornaram pão./ R.: TOMA, SENHOR, NOSSA VIDA EM AÇÃO PARA MUDÁ-LA EM
FRUTO E MISSÃO. TOMA, SENHOR, NOSSA VIDA EM AÇÃO PARA MUDÁ-LA EM MISSÃO./ 2. Muitos cachos de uva se tornaram vinho; hoje são teu sangue, força no caminho. Muitos cachos de uva se tornaram vinho./ 3. Muitas são as vidas feitas vocação, hoje oferecidas em consagração. Muitas são as vidas feitas vocação.
15. P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Dai-nos, ó Deus, usar os vossos dons servindo-vos com liberdade,
para que, purificados pela vossa graça, sejamos renovados pelos mistérios que celebramos em vossa honra. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA III – MR (pág. 483) – Prefácio dos Domingos do Tempo Comum III: A salvação dos homens, pelo homem – MR (p. 430)
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – R.: FELIZ O HOMEM QUE AMA O SENHOR E SEGUE SEUS MANDAMENTOS. O SEU CORAÇÃO É REPLETO DE AMOR, DEUS MESMO É O SEU ALIMENTO./ 1. Feliz o que anda na lei do Senhor e segue o caminho que Deus lhe indicou: terá recompensa no Reino do céu porque muito amou. / 2. Feliz quem se alegra em ouvir o irmão, segundo os preceitos que Deus lhe ensinou: verá maravilhas de Deus, o Senhor, porque muito amou. / 3. Feliz quem confia na força do bem, seguindo os caminhos da paz e o perdão: será acolhido nos braços do Pai porque muito amou./ 4. Feliz quem dá graças de bom coração e estende sua mão ao sem voz e sem-vez, terá no banquete um lugar para si, porque muito amou.
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Dai-nos, ó Deus, colher os frutos da nossa
participação na Eucaristia para que, auxiliados pelos bens terrenos, possamos conhecer os valores eternos.
Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
21. ORAÇÃO DO MÊS MISSIONÁRIO 2018
Deus Pai, Filho e Espírito Santo, nós Vos louvamos e bendizemos pela Vossa comunhão,
princípio e fonte da missão. Ajudai-nos, à luz do Evangelho da paz, a testemunhar com esperança um mundo de justiça e diálogo, de honestidade e verdade, sem ódio e sem violência. Ajudai-nos a sermos todos irmãos e irmãs, seguindo Jesus Cristo rumo ao Reino definitivo. Amém!
RITOS FINAIS
22. BREVES AVISOS
23. BÊNÇÃO FINAL
Preparando a Partilha da Palavra
Hoje, Dia das Missões é importante relembrar a participação e o compromisso missionário de todos. “Na Igreja de Cristo, todo batizado é missionário”. E Jesus no caminho de Jerusalém,
vai advertindo seus discípulos sobre o verdadeiro sentido do poder e do Seu reinado, que se
traduz em serviço. A inconsciência dos que o acompanham é incrível. Querem ficar com os
postos privilegiados e serem os primeiros no projeto de Jesus. Querem que Jesus os coloque
acima dos outros discípulos. O próprio pedido dos dois irmãos possui caráter de exigência.
E Jesus se dirige a todos os discípulos: “entre vós não deveis ser assim, quem quiser ser o
primeiro, seja o servo de todos”. Na Igreja, todos nós precisamos ser servidores, não a
partir do poder interesseiro, da superioridade, mas a partir da disponibilidade, do serviço e
da ajuda aos irmãos. O verdadeiro modelo é Jesus. Ele não viveu “para ser servido, mas
para servir”. Ele não impõe, não domina, nem controla. Não ambiciona nenhum poder. Sua
característica é “servir” e “dar a vida”, por isso é o primeiro e o maior. Precisamos ser cristãos dispostos a gastar as nossas vidas pelo projeto do Reino, pois a grandeza não se mede
pelo poder que se tem. A busca de honras e protagonismo interesseiros rompe a comunhão
da comunidade cristã. Na sociedade hoje, os primeiros são os que têm dinheiro, os que têm
poder, os que vestem segundo as exigências da moda, os que têm sucesso profissional… E na
comunidade cristã? Quem são os primeiros? As palavras de Jesus não deixam qualquer dúvida: “quem quiser ser o primeiro, será o último de todos e o servo de todos”. Que eco podem ter estas palavras de Jesus na sociedade atual? Na comunidade cristã, a única grandeza é a grandeza de quem, com humildade e simplicidade, faz da própria vida um serviço aos irmãos. Na comunidade cristã não há donos, nem grupos privilegiados, nem pessoas mais importantes do que as outras. Na comunidade cristã há irmãos iguais, a quem a comunidade confia serviços diversos em vista do bem de todos. O que nos deve mover é a vontade de servir, de partilhar com os irmãos os dons que Deus nos concedeu. A atitude de serviço que Jesus pede aos seus discípulos deve manifestar-se, de forma especial, no acolhimento aos pobres, aos humildes, aos marginalizados,
aos sem vez e sem voz… Seremos capazes de acolher e de amar os que levam uma vida pouco
exemplar, os marginalizados, os estrangeiros, os doentes, os idosos, os que ninguém quer
e ninguém ama? O que pode haver de mais contrário a Jesus e a seu projeto de servir em
nossas comunidades?

LEITURAS DA SEMANA
Seg.: S. João Paulo II, Pp, memória. Ef 2, 1-10; Sl 99 (100); Lc 12, 13-21
Ter.: S. João de Capristano Presb. MFac. Ef 2,12-22; Sl 84 (85); Lc 12, 35-38
Qua.: Sto Antônio Maria Claret B, MFac. Ef 3, 2-12; Cânt. Is 12, 2-3. 4bcd.5-6; Lc 12, 39-48
Qui.: Sto.Antônio de Sant’Ana Galvão, Mem. Ef 3, 14-21; Sl 32 (33); Lc 12, 49-53
Sex.: Ef 4,1-6; Sl 23 (24); Lc 12, 54-59
Sáb.: Ef 4, 7-16; Sl 121 (122; Lc 13, 1-9
Primeira Semana do Saltério
Vigésimo Nono Domingo do Tempo Comum

Você pode Gostar de:

28º Domingo do Tempo Comum(14.10)

SEGUIR JESUS É PRATICAR OS SEUS ENSINAMENTOS 14 de outubro de 2018 VIGÉSIMO OITAVO DOMINGO …