Página Inicial / Notícias / Antífonas do ó

Antífonas do ó

Dentro deste período, existem cânticos apropriados para exaltar, em Jesus, tudo o que o povo de Israel esperava no Messias prometido. Estes cânticos são chamados de Antífonas do Ó. Não se conhece a data de origem dos escritos do Ó, mas já havia uma referência a estes textos no século VI. O filósofo Anicius Boëthiu deixou escritos com estas referências.
Os textos que temos hoje foram aperfeiçoados entre os séculos VII e VIII, por monges que praticavam o Ofício Divino, ou Liturgia das Horas. Estes textos foram baseados nas profecias e orações pertencentes ao antigo testamento e que faziam referência à vinda do Messias prometido por Deus.
Liturgicamente, as antífonas do Ó estão no ofício das Vésperas da Liturgia das Horas. Após o concílio Vaticano II, elas adquiriram um destaque ainda maior, sendo colocadas no Missal como cânticos de aclamação ao Evangelho, nas missas da Semana Santa do Natal.
Estas antífonas possuem uma evocação e uma resposta diferentes para cada dia. Segue a lista:
Ó Sabedoria [ Isaías 11: 2-3 ] Ó Adonai [ Isaías 11: 4-5] Ó Raiz de Jessé [Isaías 11:1] Ó Chave de David [Isaías 22:22] Ó Sol do Oriente [Isaías 9:2] Ó Rei das Nações [Isaías 9:6] Ó Emanuel [Isaías 7:14]

Oração de Antífonas do Ó
Dia 17 de dezembro
Ó Sabedoria,
Que saístes da boca do Altíssimo, e atingis os confins de todo o universo e com força e suavidade governais o mundo inteiro!
Oh! Vinde ensinar-nos o caminho da prudência!

Dia 18 de dezembro
Ó Adonai,
Guia da casa de Israel, que aparecestes a Moisés na sarça ardente e lhe destes a vossa lei sobre o Sinai:
Vinde salvar-nos com o braço poderoso!

Dia 19 de dezembro
Ó Raiz de Jessé,
Ó estandarte, levantado em sinal para as nações!
Ante vós se calarão os reis da terra, e as nações implorarão misericórdia:
Vinde salvar-nos! Libertai-nos sem demora!

Dia 20 de dezembro
Ó Chave de Davi,
Cetro da casa de Israel, que abris e ninguém fecha, que fechais e ninguém abre:
Vinde logo e libertai o homem prisioneiro, que nas trevas e na sombra da morte, está sentado.

Dia 21 de dezembro
Ó Sol nascente,
Justiceiro, resplendor da luz eterna:
Oh! Vinde e iluminai os que jazem entre as trevas e, na sombra do pecado e da morte, estão sentados!

Dia 22 de dezembro
Ó Rei das nações,
Desejado dos povos; Ó Pedra angular, que os opostos unis:
Oh! Vinde e salvai este homem tão frágil, que um dia criastes do barro da terra.

Dia 23 de dezembro
Ó Emanuel:
Deus-conosco, nosso Rei Legislador, Esperança das nações e dos povos Salvador:
Vinde enfim para salvar-nos, ó Senhor e nosso Deus!

Você pode Gostar de:

Catedral de Cuiabá celebra 7 anos dedicação do seu novo Altar

Recordamos que no dia 13 de setembro 2014 às 17h00 foi realizada a Santa Missa …