Página Inicial / Animação Litúrgica / 1º Domingo no Tempo do Advento(01.12)

1º Domingo no Tempo do Advento(01.12)

VIGILANTES À ESPERA DO SENHOR –  01 de Dezembro de 2019
PRIMEIRO DOMINGO DO ADVENTO – ANO A- SÃO MATEUS
ANO JUBILAR ARQUIDIOCESANO
Cor litúrgica: roxo
A.: Meus irmãos, neste tempo do Advento, que hoje estamos iniciando, nós somos
convidados a preparar a vinda do Senhor. Fiquemos atentos, pois não sabemos a hora
em que Ele vai chegar. Deixemo-nos guiar pela Sua luz, a fim de aprendermos com Ele
a construir o Reino da justiça e da paz. Iniciemos a nossa celebração, cantando.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – R.: DAS ALTURAS ORVALHEM OS CÉUS, E AS NUVENS QUE
CHOVAM JUSTIÇA, QUE A TERRA SE ABRA AO AMOR E GERMINE O DEUS SALVADOR
(BIS)./ 1. Foste amigo, antigamente, desta terra que amaste, deste povo que
escolheste; sua sorte melhoraste, perdoaste seus pecados, tua ira acalmaste./ 2.
Escutemos suas palavras, é de paz que vai falar; paz ao povo, a seus fiéis, a quem dele
se achegar. Está perto a salvação e a glória vai voltar./ 3. Eis: amor, fidelidade vão
unidos se encontrar; bem assim, justiça e paz vão beijar-se e se abraçar. Vai brotar
fidelidade e justiça se mostrar./ 4. E virão os benefícios do Senhor a abençoar; e os
frutos do amor desta terra vão brotar. A justiça diante dele e a paz o seguirá.
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
TODOS: AMÉM. P.: Irmãos eleitos segundo a presciência de Deus Pai, pela santificação
do Espírito para obedecer a Jesus Cristo e participar da bênção da aspersão do seu
sangue, graça e paz vos sejam concedidas abundantemente. TODOS: BENDITO SEJA
DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ONDE HOUVER COROA DO ADVENTO
A: Encontramos, hoje, diante do altar, a Coroa do Advento. Ela é um simples enfeite de
ramos e velas para recordar-nos o significado deste tempo forte na vida da Igreja. A
coroa, um círculo sem início e sem fim, simboliza a eternidade. Os ramos verdes
simbolizam a vida e a esperança. As velas representam os séculos de escuridão, cada
uma aumentando a luz até o Natal, quando comemoramos o nascimento de Jesus, a
Luz eterna. Os cristãos, preparando-se para sua festa de luz e de vida, a natividade do
Salvador, passaram a acrescentar uma vela à Coroa em cada domingo do tempo do
Advento. Essas luzes relembram a escuridão do mundo pecador antes do Salvador, a
promessa da Salvação, a preparação para o Messias pelos profetas e, finalmente, a
Virgem que deu à luz a um filho chamado Emanuel: Deus-Conosco.
BÊNÇÃO DA COROA
P.: A nossa proteção está no Nome do Senhor.
TODOS: Que fez o céu e a terra.
P.: OREMOS: Ó Pai, em quem todas as coisas são santificadas, abençoai esta coroa e
concedei a nós, que usamos seu símbolo, a graça de preparar nossos corações para o
Advento do vosso Filho. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do
Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.
(O celebrante asperge, então, a coroa com água benta). Acende-se a primeira vela.
4. ATO PENITENCIAL – P.: No início desta celebração eucarística, peçamos a conversão
do coração, fonte de reconciliação e comunhão com Deus e com os irmãos e irmãs. P.:
Senhor, que viestes ao mundo para nos salvar, tende piedade de nós. TODOS:
SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. CEL.: Cristo, que continuamente nos visitais com a
graça do vosso Espírito, tende piedade de nós. TODOS: CRISTO, TENDE PIEDADE DE
NÓS. P.: Senhor, que vireis um dia para julgar as nossas obras, tende piedade de nós.
TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão
de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Ó Deus todo-poderoso, concedei a vossos
fiéis o ardente desejo de possuir o reino celeste, para que, acorrendo com as nossas
boas obras ao encontro do Cristo que vem, sejamos reunidos à sua direita na
comunidade dos justos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do
Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A: Irmãos, o fiel cristão deve estar sempre vigilante e preparado para acolher o Senhor
que vem. Escutemos atentamente.
6. 1ª LEITURA (Is 2,1-5) – Leitura do Livro do Profeta Isaías.
1Visão de Isaías, filho de Amós, sobre Judá e Jerusalém. 2
Acontecerá, nos últimos tempos, que o monte da casa do Senhor estará firmemente estabelecido no ponto
mais alto das montanhas e dominará as colinas. A ele acorrerão todas as nações, 3
para lá irão numerosos povos e dirão: “Vamos subir no monte do Senhor, à casa do Deus de
Jacó, para que ele nos mostre seus caminhos e nos ensine a cumprir seus preceitos”;
porque de Sião provém a lei e de Jerusalém, a palavra do Senhor. 4
Ele há de julgar as nações e arguir numerosos povos; estes transformarão suas espadas em arados e suas
lanças em foices: não pegarão em armas uns contra os outros e não mais travarão
combate. 5 Vinde, todos da casa de Jacó, e deixemo-nos guiar pela luz do Senhor.
Palavra do Senhor.
TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – (DO SALMO 122) – R.: QUE ALEGRIA, QUANDO OUVI QUE
ME DISSERAM: “VAMOS À CASA DO SENHOR!”/ 1. Que alegria, quando ouvi que me
disseram: “Vamos à casa do Senhor!” E agora nossos pés já se detêm, Jerusalém, em
tuas portas./ 2. Para lá sobem as tribos de Israel, as tribos do Senhor. Para louvar,
segundo a lei de Israel, o nome do Senhor. A sede da justiça lá está e o trono de Davi./
3. Rogai que viva em paz Jerusalém e em segurança os que te amam! Que a paz habite
dentro de teus muros, tranquilidade em teus palácios!/ 4. Por amor a meus irmãos e
meus amigos, peço: “A paz esteja em ti!” Pelo amor que tenho à casa do Senhor, eu te
desejo todo bem!
8. 2ª LEITURA (Rm 13, 11-14a) – Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.
Irmãos: 11Vós sabeis em que tempo estamos, pois já é hora de despertar. Com efeito,
agora a salvação está mais perto de nós do que quando abraçamos a fé.
12A noite já vai adiantada, o dia vem chegando: despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as
armas da luz. 13Procedamos honestamente, como em pleno dia: nada de glutonerias e
bebedeiras, nem de orgias sexuais e imoralidades, nem de brigas e rivalidades. 14aPelo
contrário, revesti-vos do Senhor Jesus Cristo. Palavra do Senhor.
TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA!/ Mostrai-nos, ó
Senhor, vossa bondade e a vossa salvação nos concedei!
10. EVANGELHO – (Mt 24, 37-44) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO
MEIO DE NÓS. P.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus. TODOS:
GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo, Jesus disse aos seus discípulos: 37“A vinda do Filho do Homem será
como no tempo de Noé. 38Pois nos dias, antes do dilúvio, todos comiam e bebiam,
casavam-se e davam-se em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. 39E eles
nada perceberam até que veio o dilúvio e arrastou a todos. Assim acontecerá também
na vinda do Filho do Homem. 40Dois homens estarão trabalhando no campo: um será
levado e o outro será deixado. 41Duas mulheres estarão moendo no moinho: uma será
levada e a outra será deixada. 42Portanto, ficai atentos, porque não sabeis em que dia
virá o Senhor. 43Compreendei bem isso: se o dono da casa soubesse a que horas viria o
ladrão, certamente vigiaria e não deixaria que a sua casa fosse arrombada. 44Por isso,
também vós ficai preparados! Porque na hora em que menos pensais, o Filho do
Homem virá”. Palavra da Salvação.
TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR.
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, criador do céu e da terra, e
em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do
Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado,
morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos
céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os
vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos
Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO DOS FIÉIS – P.: Irmãos e irmãs, no início do ano litúrgico e preparando-nos para o Natal do Senhor, elevemos confiantes nossos pedidos ao Pai, dizendo:
Senhor, escutai a nossa prece!
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
1) Senhor, volvei o Vosso olhar misericordioso para o nosso Papa Francisco e todo o colégio episcopal; concedei-lhes sabedoria e fortaleza no pastoreio da Santa Igreja, nós Vos pedimos.
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
2) Senhor, suscitai nos corações dos governantes das nações o ideal de abandonarem os caminhos da guerra e de converterem as armas em instrumentos de paz, nós Vos pedimos.
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
3) Senhor, auxiliai-nos no exercício da vigilância e na espera de um novo tempo, despojando-nos de toda atitude contrária ao Vosso Reino, nós Vos pedimos.
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
4) Senhor, ajudai-nos a criar em nossas comunidades tempos e momentos para a preparação do Natal, por meio da participação nas novenas e na recepção dos sacramentos, nós Vos pedimos.
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
(Preces Espontâneas):
P.: Ouvi, ó Pai, os nossos pedidos e dai-nos a graça de nos prepararmos para o Advento
de Vosso Filho, que é Deus convosco, na unidade do Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
CANTO DE OFERTAS – R.: A NOSSA OFERTA APRESENTAMOS NO ALTAR E TE
PEDIMOS: VEM SENHOR, NOS LIBERTAR!/ 1. A chuva molhou a terra, o homem
plantou um grão, a planta deu flor e frutos, do trigo se fez o pão./ 2. O homem plantou
videiras, cercou-as com seu carinho./ Da vinha brotou a uva, da uva se fez o vinho./ 3.
Os frutos da nossa terra e as lutas dos filhos teus, serão, pela tua graça, pão vivo, que
vem dos céus./ 4. Recebe, Pai, nossas vidas, unidas ao pão e o vinho e vem conduzir
teu povo, guiando-o no teu caminho
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Recebei, ó Deus, estas oferendas que
escolhemos entre os dons que nos destes, e o alimento que hoje concedeis à nossa
devoção torne-se prêmio da redenção eterna. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS:
AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA II – MR (p. 475) – Prefácio do Advento I A – MR (p. 407).
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – R.: VIGIAI, VIGIAI, EU VOS DIGO, NÃO SABEIS QUAL O
DIA OU A HORA. VIGIAI, VIGIAI, EU REPITO: EIS QUE VEM O SENHOR EM SUA
GLÓRIA./ 1. Foste amigo antigamente desta terra que amaste, deste povo que
escolheste, sua sorte melhoraste, perdoaste seus pecados, tua raiva acalmaste./ 2.
Vem de novo restaurar-nos! Sempre irado estarás, indignado contra nós? E a vida não
darás? Salvação e alegria, outra vez, não nos trarás?/ 3. Escutemos suas palavras, é de
paz que vai falar; paz ao povo, a seus fiéis, a quem dele se achegar. Está perto a
salvação e a glória vai voltar./ 4. Eis: amor, fidelidade vão unidos se encontrar. Bem
assim, justiça e paz vão beijar-se e abraçar. Vai brotar fidelidade e justiça se mostrar./
5. E virão os benefícios do Senhor a abençoar e os frutos de amor desta terra vão
brotar. A justiça diante dele e a paz o seguirá./ 6. Glória ao Pai onipotente, ao que
vem, glória e amor. Ao Espírito cantemos: glória a nosso Defensor! Ao Deus Uno e
Trino demos a alegria do louvor.
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Aproveite-nos, ó Deus, a
participação nos vossos mistérios. Fazei que eles nos ajudem a amar desde agora o que
é do céu e, caminhando entre as coisas que passam, abraçar as que não passam. Por
Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
21. ORAÇÃO DA CAMPANHA DE EVANGELIZAÇÃO 2019
Deus de amor e de ternura, com carinho, criastes o ser humano e lhe destes a missão
de cuidar de toda criação. Na feliz espera do nascimento de Jesus, pedimos a graça de
crescer no cuidado para com o próximo, nosso irmão. Conduzidos pela força do
Espírito Santo, renovai em nossos corações o compromisso com o anúncio do
Evangelho a fim de que a obra evangelizadora seja levada adiante, comprometida no
cuidado com os pobres, zelosa pela celebração dos mistérios da fé, edificando
comunidades missionárias, evangelizadoras, casas do cuidado e da partilha. Maria,
Mãe que cuidou do Menino Jesus, intercedei a Deus por nós, a fim de que sejamos
cada vez mais generosos e corresponsáveis na missão de evangelizar. Amém!
RITOS FINAIS
22. BREVES AVISOS
23. BÊNÇÃO FINAL – MR (p. 520)
P.: O Senhor esteja convosco.
TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS.
P.: Que o Deus onipotente e misericordioso vos ilumine com o advento do seu Filho, em cuja vinda credes e cuja volta esperais, e derrame sobre vós as suas bênçãos.
TODOS: AMÉM.
P.: Que durante esta vida ele vos torne firmes na fé, alegres na esperança, solícitos na caridade.
TODOS: AMÉM.
P.: Alegrando-vos agora pela vinda do Salvador feito homem, sejais recompensados com a vida eterna, quando vier de novo em sua glória.
TODOS: AMÉM.
P.: Abençoe-vos o Deus todo-poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo.
TODOS: AMÉM.

Preparando a Partilha da Palavra
A liturgia deste domingo apresenta um forte apelo à vigilância. O cristão não deve instalar-se no comodismo, na passividade, no desleixo, na rotina, na indiferença; mas deve caminhar, sempre atento e vigilante, preparado para acolher o Senhor que vem e para responder aos seus desafios. Não deve viver mergulhado nos prazeres que alienam, nem se deixar sufocar pelo trabalho excessivo, nem adormecer numa passividade que lhe rouba as oportunidades, mas em cada minuto que passa, estar atento e vigilante cumprindo o seu papel, empenhandose na construção do “Reino”. É preciso despertar do sono que nos mantém presos ao mundo das trevas (do egoísmo, da injustiça, da mentira, do pecado). Vistamo-nos da luz (a vida de Deus, que Cristo ofereceu a todos) e caminhemos, com alegria e esperança, ao encontro de Jesus, ao encontro da salvação. Para Mateus, a vinda do Senhor é certa, embora ninguém saiba o dia nem a hora; aos que creem, resta estar vigilantes, preparados e ativos… Para transmitir esta mensagem, Mateus usa três quadros…O primeiro, é o quadro da humanidade na época de Noé: os homens viviam, então, numa alegre inconsciência, preocupados apenas em gozar a sua “vidinha” descomprometida; quando o dilúvio chegou, apanhou-os de surpresa e despreparados… Se o “gozar” a vida ao máximo for para o homem a prioridade fundamental, ele arrisca-se a passar ao lado do que é importante e a não cumprir o seu papel no mundo. O segundo, coloca-nos diante de duas situações da vida quotidiana: o trabalho agrícola e a moagem do trigo… Os compromissos e trabalhos necessários à subsistência do homem também não podem ocupá-lo de tal forma que o levem a negligenciar o essencial: a preparação da vinda do Senhor. O terceiro, coloca-nos frente ao exemplo do dono de uma casa que adormece e deixa que a sua casa seja saqueada pelo ladrão… O cristão não pode, nunca, deixar-se adormecer, pois o seu adormecimento pode levá-lo a perder a oportunidade de encontrar o Senhor que vem. A questão fundamental é, portanto, esta: estar sempre vigilante, atento, preparado. Vivendo este tempo favorável de nossa Igreja, não deixemos que as propagandas enganosas que deturpam o verdadeiro sentido do Natal, nos afastem do caminho que nos conduz ao Pai. A novena de Natal é uma forma de concretizar a esperança e reunir-se na mesma fé, permitindo que a ternura de Deus abra caminhos para a realização da paz. Já reservamos tempo para a novena de Natal em Família? Estamos sendo como os profetas, porta-vozes de Deus no anúncio da esperança de um mundo melhor na espera do Senhor que vem? (Roteiros Homiléticos – CNBB)

Leituras da Semana
Seg. Is 4, 2-6; Sl 121 (122); Mt 8, 5-11
Ter. S. Francisco Xavier Presb, memória.Is 11,1-10; Sl 71 (72); Lc 10, 21-24
Qua. S. João Damasceno PresbDr, MFac. Is 25, 6-10a; Sl 22 (23); Mt 15, 29-37
Qui. Is 26, 1-6; Sl 117 (118); Mt 7, 21.24-27
Sex. S. Nicolau B, MFac. Is 29, 17-24; Sl 26 (27); Mt 9, 27-31
Sáb. Sto Ambrósio BDr, memória. Is 30,19-21.23-26 ; Sl 146(147A),1-2.3-4.5-6 (R/. Is 30,18) ;
Mt 9,35 – 10,1.6-8
Primeira semana do Saltério
I Domingo do Advento – Ano A

Você pode Gostar de:

Solenidade de Nossa Senhora Aparecida

SOLENIDADE DE NOSSA SENHORA DA CONCEIÇÃO APARECIDA PADROEIRA DO BRASIL RITOS INICIAIS CANTO 1 -HINO …