Página Inicial / Notícias / Festa de Cristo Rei

Festa de Cristo Rei

Neste domingo, 22, a Igreja celebra a Festa de Cristo Rei e também o encerramento do Ano Catequético Nacional, data que coincide ainda com o Dia dos Leigos.“O Ano Catequético ajudou a despertar para uma nova concepção de catequese, entendida como formação permanente, e não voltada apenas para crianças”, diz a assessora da Comissão Episcopal Bíblico-catequética da CNBB, Irmã Maria Zélia Batista.

Segundo a religiosa, o Ano Catequético fez surgir escolas catequéticas, cursos de pós-graduação em catequese, além de ter suscitado inúmeras mobilizações como congressos, caminhadas, romarias com os catequistas. Para 2010, está previsto um Congresso sobre Animação Bíblica.
Por ocasião do Dia do Leigo, o presidente da Comissão Episcopal para o Laicato da CNBB, Dom José Luiz Bertanha, e o da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética, Dom Eugênio Rixen, divulgaram uma nota em que explicam a origem desta comemomeração e as ações conjuntas das duas Comissões Episcopais.
De acordo com o texto, em 1991, a Igreja no Brasil criou o Dia Nacional dos Cristãos Leigos e Leigas. A data escolhida foi a Festa de Cristo Rei, domingo que finaliza o Tempo Comum na Liturgia. “Nessa ocasião, os leigos e leigas da Ação Católica faziam sua adesão de pertença a esse movimento e, nessa festa, a cada ano, renova-se o compromisso com o reinado de Jesus de Nazaré, de maneira especial, contribuindo com a construção da sociedade justa, fraterna e solidária para que haja vida para todos”, esclarece a nota.
Um dos exemplos de organização específica de leigos é o Conselho Nacional do Laicato do Brasil (CNLB), criado em 1975, com o apoio da CNBB. “O CNLB busca suscitar nos leigos a consciência crítica e criativa de sua identidade, vocação e missão, a fim de que seja presença atuante nos espaços sociais, políticos, econômicos e culturais do país”, diz o editorial do jornal Terceira Hora, na edição de novembro, publicado por ocasião das comemorações do Dia dos Leigos.
“Precisamos valorizar e incentivar os Conselhos de Leigos, seja no âmbito Nacional, Regional, assim como nas Igrejas Particulares, pois são instrumento válido, ativo e necessário para contribuir com a melhor compreensão da vocação laical bem como sua missão no meio do mundo e na comunidade eclesial”, ressalta ainda o Dom Bertanha.

Você pode Gostar de:

Novena do Senhor Bom Jesus – Catedral Basílica

A Catedral Basílica do Senhor Bom Jesus de Cuiabá convida para a Novena em Honra …