Página Inicial / Animação Litúrgica / 21º Domingo do Tempo Comum(27.08)

21º Domingo do Tempo Comum(27.08)

Dia das Vocações Leigas e dia dos Catequistas
27 de agosto de 2017
Cor Litúrgica: Verde
A.: Meus irmãos, movidos pela graça do Espírito Santo e atraídos pelo Pai, nós cremos e confessamos a respeito de Jesus: “Tu és o Cristo, o Filho de Deus vivo”. Foi sobre o rochedo desta fé, confessada por Pedro, que Cristo edificou a Sua Igreja. Hoje, refletiremos sobre a vocação para os ministérios e serviços na comunidade e em especial celebraremos o Dia Nacional do Catequista. Peçamos a Cristo que nos ajude a assumirmos com amor, alegria e responsabilidade nossa vocação leiga de discípulos missionários no ambiente em que vivemos. Iniciemos, com entusiasmo, a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – R.: EIS-ME AQUI SENHOR! EIS-ME AQUI SENHOR! PRA FAZER TUA VONTADE, PRA VIVER DO TEU AMOR. PRA FAZER TUA VONTADE PRA VIVER DO TEU AMOR, EIS-ME AQUI SENHOR! / 1. O Senhor é o Pastor que me conduz, por caminhos nunca vistos me enviou. Sou chamado a ser fermento, sal e luz e por isso respondi: aqui estou!/ 2. Ele pôs em minha boca uma canção, me ungiu como profeta e trovador da história e da vida do meu povo. E por isso respondi: aqui estou! / 3. Ponho a minha confiança no Senhor. Da esperança sou chamado a ser sinal, seu ouvido se inclinou ao meu clamor e por isso respondi: aqui estou!
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. – P.: O Deus da esperança, que nos cumula de toda alegria e paz em nossa fé, pela ação do Espírito Santo, esteja convosco! TODOS: BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL – P.: O Senhor Jesus, que nos convida à mesa da Palavra e da Eucaristia, nos chama à conversão. Reconheçamos ser pecadores e invoquemos com confiança a misericórdia do Pai. (Pausa). Tende compaixão de nós, Senhor. TODOS: PORQUE SOMOS PECADORES. P.: Manifestai, Senhor, a Vossa misericórdia. TODOS: E DAI-NOS A VOSSA SALVAÇÃO. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM. P.: Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, tende piedade de nós. TODOS: CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS.
4. HINO DE LOUVOR – Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Ó Deus, que unis os corações dos vossos fiéis num só desejo, dai ao vosso povo amar o que ordenais e esperar o que prometeis, para que, na instabilidade deste mundo, fixemos os nossos corações onde se encontram as verdadeiras alegrias. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
A.: Irmãos caríssimos, a Igreja é a comunidade dos discípulos que reconhecem e professam Jesus como o Messias, o Salvador que o Pai nos enviou. Ouçamos com atenção as leituras de hoje.
6. 1ª LEITURA (Is 22,19-23) – Leitura do Livro do Profeta Isaías.
Assim diz o Senhor a Sobna, o administrador do palácio: 19”Eu vou te destituir do posto que ocupas e demitir-te do teu cargo. 20Acontecerá que nesse dia chamarei meu servo Eliacim, filho de Helcias, 21e o vestirei com a tua túnica e colarei nele a tua faixa, porei em suas mãos a tua autoridade; ele será um pai para os habitantes de Jerusalém e para a casa de Judá. 22Eu o farei levar aos ombros a chave da casa de Davi; ele abrirá, e ninguém poderá fechar; ele fechará, e ninguém poderá abrir. 23Hei de fixá-lo como estaca em lugar seguro e aí ele terá o trono de glória na casa de seu pai”. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – (DO SALMO 137/138)
R.: Ó SENHOR, VOSSA BONDADE É PARA SEMPRE: COMPLETAI EM MIM A OBRA COMEÇADA! / 1. Ó Senhor, de coração eu vos dou graças, porque ouvistes as palavras dos meus lábios! Perante os vossos anjos vou cantar-vos e ante o vosso templo vou prostrar-me. / 2. Eu agradeço vosso amor, vossa verdade, porque fizestes muito mais que prometestes; naquele dia em que gritei, vós me escutastes e aumentastes o vigor da minha alma. / 3. Altíssimo é o Senhor, mas olha os pobres e de longe reconhece os orgulhosos. Eu vos peço: não deixeis inacabada esta obra que fizeram vossas mãos!
8. 2ª LEITURA (Rm 11,33-36) – Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos.
33Ó profundidade da riqueza, da sabedoria, e da ciência de Deus! Como são inescrutáveis os seus juízos e impenetráveis os seus caminhos! 34De fato, quem conheceu o pensamento do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? 35Ou quem se antecipou em dar-lhe alguma coisa, de maneira a ter direito a uma retribuição? 36Na verdade, tudo é dele, por ele e para ele. A ele a glória para sempre. Amém! Palavra do Senhor.
TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – R.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA!/ 1. Tu és Pedro e sobre esta pedra edificarei minha Igreja e os poderes do reino das trevas jamais poderão contra ela!
10. EVANGELHO – (Mt 16, 13-20) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS.
P.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
Naquele tempo, 13Jesus foi à região de Cesareia de Filipe e aí perguntou a seus discípulos: “Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?” 14Eles responderam: “Alguns dizem que é João Batista; outros, que é Elias; outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas”. 15Então Jesus lhes perguntou: “E vós, quem dizeis que eu sou?” 16Simão Pedro respondeu: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”. 17Respondendo, Jesus lhe disse: “Feliz és tu, Simão, filho de Jonas, porque não foi um ser humano que te revelou isso, mas o meu Pai que está no céu. 18Por isso, eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la. 19Eu te darei as chaves do Reino dos Céus: tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus; tudo o que tu desligares na terra será desligado nos céus”. 20Jesus, então, ordenou aos discípulos que não dissessem a ninguém que ele era o Messias. Palavra da Salvação.
TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, Criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORACÃO DOS FIÉIS – P.: Irmãos e irmãs, oremos ao Deus justo e Santo, que revelou Seu Filho como Cristo e Senhor, dizendo: Senhor, escutai a nossa prece!
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
1) Pelo Santo Padre, o Papa Francisco, Vigário de Cristo na terra, para que, guiando-nos na fé e no amor, possa contar cotidianamente com o conforto da nossa oração, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
2) Pelos governantes de todas as Nações, para que Cristo lhes inspire projetos de paz, de justiça e de fraternidade, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
3) Pelos jovens do nosso país, para que possam aprofundar o conhecimento do Evangelho e saibam professar a alegria da fé aos companheiros de juventude, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
4) Pelos catequistas de nossa Arquidiocese, para que tenham sempre sabedoria, paciência e humildade para comunicar a fé cristã às nossas crianças, adolescentes e adultos, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
5) Por todos nós aqui reunidos, para que sejamos pedras vivas da Igreja e fiéis testemunhas da misericórdia de Jesus, rezemos ao Senhor.
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
(Preces Espontâneas):
P.: Senhor, Pai santo, que fundastes a Igreja sobre a rocha firme de Pedro e dos Apóstolos e nos chamastes a entrar como pedras vivas na sua construção, dai-nos a graça de permanecer na unidade da fé. Por Cristo, nosso Senhor.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – 1. Muitos grãos de trigo se tornaram pão; hoje são teu corpo, ceia e comunhão. Muitos grãos de trigo se tornaram pão./ R.: TOMA, SENHOR, NOSSA VIDA EM AÇÃO PARA MUDÁ-LA EM FRUTO E MISSÃO. TOMA, SENHOR, NOSSA VIDA EM AÇÃO PARA MUDÁ-LA EM MISSÃO./ 2. Muitos cachos de uva se tornaram vinho; hoje são teu sangue, força no caminho. Muitos cachos de uva se tornaram vinho./ 3. Muitas são as vidas feitas vocação, hoje oferecidas em consagração. Muitas são as vidas feitas vocação.
15. P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Ó Deus, que pelo sacrifício da cruz, oferecido uma só vez, conquistastes para vós um povo, concedei à vossa Igreja a paz e a unidade. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
17. ORAÇÃO EUCARÍSTICA V – MR (p. 495)
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – 1. Bem-vindos à mesa do Pai, onde o Filho se faz fraternal refeição. É Cristo a forte comida, o Pão que dá vida com amor-comunhão./ R.: VINDE, Ó IRMÃOS, ADORAR, VINDE ADORAR O SENHOR. / A EUCARISTIA NOS FAZ IGREJA, COMUNIDADE DE AMOR/ 2. Partimos o único pão no altar-refeição, ó mistério de amor. Nós somos sinais de unidade na fé, na verdade, convosco, ó Senhor. / 3. No longo caminho que temos, o Pão que comemos nos sustentará. É Cristo o Pão repartido, que o povo sofrido vem alimentar./ 4. Há gente morrendo de fome, sofrendo e sem nome, sem terra e sem lar. Não é a vontade de Deus, pois Jesus, Filho seu, quis por nós se doar./ 5. Queremos servir a Igreja, na plena certeza de nossa missão, vivendo na Eucaristia, o Pão da alegria e da libertação.
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – P.: OREMOS: (Pausa) Ó Deus, fazei agir plenamente em nós o sacramento do vosso amor, e transformai-nos de tal modo pela vossa graça, que em tudo possamos agradar-vos. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
21. ORAÇÃO VOCACIONAL
Senhor Jesus Cristo, Tu que caminhaste no chão deste mundo, testemunhando o projeto de Deus para a humanidade, ensinando homens e mulheres a viverem a radicalidade dos valores do Reino de Deus, chamando todos à decisão do seguimento e a assumirem as exigências da Missão, faz com que nós, cristãos leigos e leigas, respondamos com a vida ao Teu chamado, na nossa vida pessoal, na família, na comunidade, no trabalho, na ação política e na sociedade. Que hoje se revigorem em nós as motivações e a graça dos Sacramentos do Batismo e da Crisma, doados pelo amor da Trindade Santa, tornando-nos “protagonistas da evangelização”, testemunhando presença na construção de uma sociedade justa e solidária. Que nossa disposição de conversão nos leve a amar os excluídos e a superar a exclusão, particularmente a exclusão dos empobrecidos e injustiçados, para assumir com responsabilidade e discernimento a exigência de novos ministérios, respondendo criativamente aos desafios de nosso tempo. Amém!

RITOS FINAIS
22. BREVES AVISOS
23. BÊNÇÃO FINAL

Preparando a Partilha da Palavra
A Liturgia deste domingo nos chama a refletir: Quem é Jesus para nós? Tendo anunciado o Reino e após ter realizado muitos milagres de curas e libertação de espíritos maus, Jesus parece sentir a necessidade de fazer uma avaliação de sua ação messiânica. Os que o seguem não são muitos. Os escribas e fariseus o hostilizam. Jesus dirige-se, então, aos que lhe estão mais próximos e lhes faz uma pergunta: “Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?” Disseram: “Uns afirmam que é João Batista, outros que é Elias, outros, ainda, que é Jeremias ou um dos profetas.” Então, lhes perguntou Jesus: “E vós, quem dizeis que eu sou?” Simão Pedro, respondendo, disse: “Tu é o Messias, o Filho do Deus vivo.” Eis uma das questões centrais do Evangelho. A posição de cada um diante de Jesus Cristo. Não basta saber o que os outros dizem de Jesus. Importante é a tomada de posição pessoal. Pedro adianta-se e confessa: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”. Sobre esta profissão de fé de Pedro, Jesus constrói a sua Igreja, o novo Povo de Deus. O que se deu com Pedro e os Apóstolos acontece com cada cristão. Sempre de novo ele é convidado a dar uma resposta pessoal a Jesus Cristo. E sobre esta fé Jesus vai construindo a sua Igreja. A cada celebração somos colocados diante do Senhor. Jesus nos dirige a palavra: “E tu, quem dizes que eu sou?” Nossa resposta será: “Tu és o Messias, Filho do Deus vivo”. Esta resposta traz consigo consequências muito sérias. Jesus nos confia à participação no seu poder. Jesus nos revela “o abismo da riqueza, da sabedoria e da ciência de Deus”. Pelo fato de Pedro ter tomado a dianteira e ter professado a fé em Jesus como Messias, tornou-se ele a autoridade máxima no novo Povo de Deus. Jesus quis deixar em sua Igreja um sinal de unidade, como expressão maior da fé sobre a qual Ele quer edificar a sua Igreja. Estamos diante do primado de Pedro, continuando na Igreja, nos seus sucessores, os Bispos de Roma, que chamamos de Papa. Ele tem a função de confirmar os irmãos na verdadeira fé. Nós cristãos fomos inseridos na fé pelo Batismo, alimentados pelo Sacramento da Eucaristia e confirmados no Sacramento da Crisma. Cabe a cada um de nós seguir fielmente os ensinamentos do Filho de Deus e as orientações do sucessor de Pedro, o Papa Francisco, para que nossa fé não seja abalada em nossa caminhada rumo ao céus.

Leituras da Semana
2ª feira: 1Ts 1,1-5,8b-10; Sl 149; Mt 23,13-22
3ª feira: Jr 1,17-19; Sl 70; Mc 6,17-29
4ª feira: 1Ts 2,9-13; Sl 138; Mt 23,27-32
5ª feira: 1Ts,7-13; Sl 89; Mt 24,42-51
6ª feira: 1Ts 4,1-8; Sl 96; Mt 25,1-13
Sábado: 1Ts 4,9-11; Sl 97; Mt 25,14-30
Domingo: Jr 20,7-9; Sl 62; Rm 12,1-2; Mt 16,21-27

Você pode Gostar de:

30º Domingo do Tempo Comum(29.10)

“AMARÁS O SENHOR TEU DEUS E A TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO” Dia Nacional …