Página Inicial / Animação Litúrgica / Solenidade de todos os Santos e Santas de Deus (06.11)

Solenidade de todos os Santos e Santas de Deus (06.11)

Ano C – cor branca – 06/11/2022

1. Saudação Presidente – Amados irmãos e irmãs em Cristo, sejam bem-vindos para celebrarmos o Mistério Pascal de Jesus Cristo, nesta Solenidade de todos os Santos e Santas de Deus, cujos nomes estão escritos no Livro da Vida. É um dia para celebrarmos a vitória daqueles que nos precederam na fé e partiram desta vida para junto do Pai. Confiantes de que pela fé, pela vivência da Palavra de Deus, na escuta e na obediência, também somos convidados a participar da vida plena e triunfante, façamos o sinal que nos une na fé. Em nome do Pai…
Presidente – A graça e a paz de Deus nosso Pai, e de Jesus Cristo, nosso Senhor, estejam convosco. Bendito seja Deus… Presidente – A liturgia de hoje convida-nos a pensar em nossa proximidade com Deus, querida por Ele e buscada por nós ao longo de nossa vida, e como Igreja peregrina experimentamos já na terra a alegria e os bens do Céu. Trazemos presente os acontecimentos que marcaram a semana que passou (recordação da vida).
2. Deus nos perdoa Presidente – Em silêncio, imploremos a misericórdia de Deus pelas vezes em que não vivemos conforme as Bem-aventuranças que Jesus nos propõe na liturgia de hoje (silêncio). Peçamos perdão, cantando. (Pe. Nereu Teixeira) Perdão, Senhor, perdão por não ser santo! Perdão, Senhor, por ter pecado tanto!
Presidente – Deus de bondade, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida em plenitude. Amém. – Senhor, tende piedade de nós. Senhor… – Cristo, tende piedade de nós. Cristo… – Senhor, tende piedade de nós. Senhor…
3. Hino do Glória Presidente – Glorifiquemos ao Deus da vida por todos os Santos e Santas que com seus testemunhos, nos estimulam a caminhar para a santidade.
4. Oração Presidente – Oremos – (silêncio) – Ó Deus, admiramos e adoramos vossa imensa santidade na multidão dos vossos santos. Pedimos também para nós vossa graça que santifica. E nós, que hoje participamos desta mesa de pereguinos, possamos, um dia, nos assentar com vossos santos e santas no banquete do vosso Reino. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
Deus nos fala
5. Leitura do Livro do Apocalipse de São João (7, 2-4.9-14)
6. Salmo Responsorial (23) (CD Cantando os Salmos – Ano C – Vol II) É assim a geração dos que procuram o Senhor !(bis)
7. Leitura da Primeira Carta de São João (3, 1-3)
8. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus (5, 1-12a)
9. Partilha da Palavra
Nossa resposta
10. Profissão de Fé Presidente – Professemos nossa fé no Deus Uno e Trino. Creio em Deus Pai…
11. Apresentação dos Dons Presidente – Tudo o que Jesus nos propõe para viver, Ele mesmo viveu desde o presépio até a cruz. Inspirados na vida e nas virtudes de tantos santos e santas que seguiram o exemplo do Mestre Jesus, apresentemos ao Altar do Senhor nossa disponibilidade em vivenciar as bemaventuranças que Ele nos propõe em seu Santo Evangelho, proclamando-as juntos.
Ação de Graças
12. Louvação Presidente – Louvemos a Deus por todos aqueles que dão testemunho de fé e fidelidade ao projeto do Reino, santificando aqui na terra, as suas vidas.
Deus nos faz irmãos
13. Pai Nosso Presidente – Santificar o nome de Deus vivendo as Bem-aventuranças é missão de todo batizado. Rezemos a oração que Jesus nos ensinou. Pai Nosso…
14. Momento da Paz Presidente – “Bem-aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus”. Neste compromisso, rezemos em silêncio pela paz
15. Oração Presidente – Oremos – (silêncio) – Ó Deus, admiramos e adoramos vossa imensa santidade na multidão dos vossos Santos(as). Pedimos também para nós vossa graça que santifica. E nós, que hoje participamos desta mesa de peregrinos, possamos, um dia, nos assentar com vossos Santos e Santas no banquete do vosso Reino. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
Deus nos envia
16. Breves Avisos

 

17. Bênção
Presidente – Deus, glória e exultação dos Santos que hoje celebrais solenemente, vos abençoe para sempre. Amém. – E assim, com todos eles, vos seja dado participar da alegria da verdadeira pátria, onde a Igreja
reúne seus filhos aos Santos para a paz eterna. Amém.
– A bênção de Deus Pai e Filho e Espírito Santo, desça sobre vós e permaneça para sempre. Amém.
– Buscai a santidade, ide em paz e o Senhor vos acompanhe. Graças a Deus.

Meditando a Palavra de Deus
Hoje, a Igreja volta seu olhar e seu coração para o céu e enche-se de alegria ao contemplar uma multidão que participa da glória e da plenitude do Deus Santo. Recordando nossa vocação de batizados, portanto, somos chamados à santidade. Deus criou o ser humano à sua imagem e semelhança e expressou a sua vontade: “Sede Santos, porque eu, o Senhor, vosso Deus, sou Santo”. Essa Solenidade nos faz viver profundamente o Mistério de Cristo, e, como Igreja peregrina, experimentamos já na terra a alegria e os bens do Céu. Jesus está no alto da montanha, de onde proclama as Bem-Aventuranças aos Apóstolos e a todo o povo. Cada Bem-Aventurança, aponta para Deus como ponto de chegada. Podemos alcançar a santidade tendo no coração e no agir o que Cristo nos proclamou; sendo pobres, misericordiosos, mansos, pacíficos, puros de coração; praticando a justiça; e diante das injúrias e perseguições, mantendo-nos perseverantes. A nossa fé nos ensina que Deus santo e pleno, dobra-se carinhosamente sobre a humanidade – sobre cada um de nós – para nos dar a sua própria vida, para nos fazer participantes de sua própria plenitude, sua própria santidade. Foi assim que o Pai, cheio de imenso amor, enviou-nos seu Filho único, e este, morto e ressuscitado, infundiu no mais íntimo de cada ser e de toda a Igreja o seu Espírito de santidade. Olhemos para o céu: lá estão Pedro e Paulo, lá estão os Doze, lá estão os mártires de Cristo, os santos pastores e doutores, lá estão as santas e os santos, lá estão tantos e tantos – uns, conhecidos e reconhecidos pela Igreja publicamente, outros, cujo nome somente Deus conhece; lá está a Santíssima e Bem-aventurada sempre Virgem Maria. Eles chegaram lá, são nossos modelos e nos esperam. Contemplar hoje todos os santos é recordar para onde vamos e qual é o sentido da nossa vida! Não tenhamos medo de ser de Deus, não tenhamos medo de testemunhar o Evangelho, não tenhamos medo de alimentar nossa vida com o Cristo, na sua Palavra e na sua Eucaristia para ficarmos repletos da vida do próprio Deus. Que nossos heróis e modelos sejam os santos e santas de Cristo, que foram heróis porque venceram e correram para o Cristo! Que eles roguem por nós, pois o que eles foram, nós somos e o que eles são, todos nós somos chamados a ser.

Leituras da Semana
2ª feira: Tt 1,1-9; Sl 23; Lc 17,1-6
3ª feira: Tt 2,1-8.11-14; Sl 36; Lc 17,7-10
4ª feira: Ez 47,1-2.8-9.12; Sl 45; 1Cor 3,9-11.16-17; Jo 2,13-22
5ª feira: Fm 7-20; Sl 145; Lc 17,20-25
6ª feira: 2Jo 4-9; Sl 118; Lc 17,26-37
Sábado: 3Jo 5-8; Sl 111; Lc 18,1-8
Domingo: Ml 3,19-20a; Sl 97; 2Ts 3,7-12; Lc 21,5-19

Você pode Gostar de:

26º Domingo do Tempo Comum (25.09)

1. Saudação Presidente – Queridos irmãos e irmãs, sejam todos bem-vindos! É com muito carinho …