Página Inicial / Animação Litúrgica / Domingo da Ressurreição

Domingo da Ressurreição

ANO XX – Nº 1201 (cor branca ou dourada) – ANO C – 04/04/2010 – DOMINGO DE PÁSCOA NA RESSURREIÇÃO DO SENHOR – ALEGRAI-VOS! JESUS CRISTO RESSUSCITOU! ALELUIA!.

Irmãos e irmãs, como diz o salmo 117, este é o dia que o Senhor fez para nós; alegremo-nos, pois, e nele exultemos. A vida venceu a morte! O Cristo ressuscitou! Celebremos, então, o Domingo da Páscoa como a Eucaristia mais jubilosa da liturgia cristã.

01. ACOLHIDA
Preparar um lugar de destaque para o Círio Pascal próximo à pia batismal ou um recipiente com água benzida  na Vigília Pascal. Colocar em lugar de destaque a imagem ou quadro de Jesus Ressuscitado. Antes de iniciar a celebração, cantar de forma orante o refrão abaixo.
O SENHOR RESSURGIU, ALELUIA, ALELUIA! É O CORDEIRO PASCAL, ALELUIA,
ALELUIA! IMOLADO POR NÓS, ALELUIA, ALELUIA! É O CRISTO SENHOR, ELE VIVE E
VENCEU, ALELUIA!
Animador(a) – Queridos irmãos e irmãs, sejam todos bem-vindos! “Este é o dia que o Senhor fez para nós: alegremo-nos e Nele exultemos!” Hoje ressoa o anúncio pascal: o Senhor ressuscitou, venceu o pecado e a morte! Uma nova vida é oferecida àqueles que confiam no poder salvador e libertador de Deus. Pela ressurreição de Cristo, a cruz torna-se sinal de vitória, prova do amor do Pai! Com o coração transbordando de alegria, cantemos!
Procissão de entrada: crucifixo com pano branco, Lecionário (ou Bíblia) conduzido pelos leitores e ladeado por velas, ministros e presidente.
02. CANTO INICIAL
1. Por sua morte a morte viu o fim, do sangue derramado a vida renasceu. Seu pé ferido nova estrada abriu e neste homem o homem, enfim, se descobriu.
MEU CORAÇÃO ME DIZ: “O AMOR ME AMOU E SE ENTREGOU POR MIM!” JESUS
RESSUSCITOU! PASSOU A ESCURIDÃO, O SOL NASCEU! A VIDA TRIUNFOU: JESUS
RESSUSCITOU!
2. “Jesus me amou e se entregou por mim!” Os homens todos podem o mesmo repetir. Não temeremos mais a morte e a dor, o coração humano em Cristo descansou.
Presidente – Na alegria da Páscoa de Jesus Cristo, façamos o sinal que nos reúne na fé, cantando.
EM NOME DO PAI, DO FILHO TAMBÉM, EM NOME DO ESPÍRITO SANTO. AMÉM! (bis)
Presidente – A graça e a paz de Deus, nosso Pai, e de Jesus Cristo, nosso irmão, estejam sempre conosco. BENDITO SEJA DEUS…
03. ENTRADA DO CÍRIO PASCAL
Animador(a) – O Círio Pascal é sinal da luz de Jesus Ressuscitado presente em nosso meio, que ilumina todas as trevas do pecado e da morte. Acolhamos a luz de Cristo que brilha para nós como sinal de salvação.
Enquanto se canta, estando as luzes da Igreja apagadas (se possível), uma pessoa com veste dourada entra solenemente com o Círio Pascal aceso, ladeado por jovens com vestes brancas trazendo flores brancas. Chegando diante do altar, quem conduz o Círio proclama com bastante clareza: “Bendito sejais, Deus da vida, pela ressurreição de Jesus Cristo e por esta luz radiante”.
LUZ RADIANTE, LUZ DE ALEGRIA, LUZ DA GLÓRIA, CRISTO JESUS! (bis)
1. És do Pai imortal e feliz o clarão que em tudo reluz!
2. Nós cantamos o Pai e o Filho e o Divino que nos conduz!
3. Cante o céu, cante a terra e os mares a vitória, a glória da cruz!
04. DEUS NOS PERDOA
Presidente – No batismo, fomos mergulhados na morte de Jesus e ressuscitados com Ele para a vida. Neste dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, também nós, batizados, somos convidados a morrer para o pecado e ressurgir para uma vida nova. (pausa) O ministro do batismo ou alguém da equipe eleva o recipiente com água benta, enquanto o dirigente reza a oração de louvor. Logo após, asperge a assembléia, enquanto se canta.
Presidente – Ó Deus, bendito sejais pela água que fecunda a terra e dá vida a toda vossa criação.  Ela não apenas refaz as nossas forças, mas é sinal de que nos renovais interiormente em vossa aliança. Por esta água, venha sobre nós o vosso Espírito, para fazer de nós criaturas novas, agora e para sempre. AMÉM.
1. Batismo é como outro nascimento que faz a gente filho de Deus. Por isso posso  agora sem medo dizer: Pai Nosso que estás no céu!
ÁGUA DOS MARES, ÁGUA DAS CHUVAS, ÁGUA DOS RIOS, ÁGUA DO CÉU! DEUS FEZ
A ÁGUA SER MÃE DA VIDA, N’ÁGUA NASCEMOS FILHOS DE DEUS!
2. Batismo é como um mergulho santo nas águas vivas de uma piscina que limpa as almas de toda mancha e embebe a gente em vida divina.
3. Batismo é sério e nos compromete com todo povo que a Igreja é. Nossa missão é mostrar ao mundo que vale a pena ter nossa fé.
Presidente – Deus misericordioso, tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. AMÉM.
– Senhor, tende piedade de nós. Senhor…
– Cristo, tende piedade de nós. Cristo…
– Senhor, tende piedade de nós. Senhor…
05. ORAÇÃO
Presidente – Ó Deus, por vosso Filho unigênito, vencedor da morte, abristes hoje para nós as portas da eternidade. Concedei que, celebrando a ressurreição do Senhor, renovados pelo vosso Espírito, ressuscitemos na luz da vida nova. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. AMÉM.
 
As leituras sejam proclamadas de forma expressiva e orante.
06. LEITURA DOS ATOS DOS APÓSTOLOS (10,34a.37-43)
07. SALMO RESPONSORIAL (117)
ESTE É O DIA QUE O SENHOR FEZ PARA NÓS, ALEGREMO-NOS E NELE EXULTEMOS!
(bis)
– Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom! “Eterna é a sua misericórdia!” A casa de Israel agora o diga: “Eterna é a sua misericórdia!”
– A mão direita do Senhor fez maravilhas, a mão direita do Senhor me levantou. Não morrerei, mas ao contrário, viverei para contar as grandes obras do Senhor.
– A pedra que os pedreiros rejeitaram, tornou-se agora a pedra angular. Pelo Senhor é que foi feito tudo isso: Que maravilhas Ele fez a nossos olhos!
08. LEITURA DA CARTA DE SÃO PAULO AOS COLOSSENSES (3,1-4)
09. SEQUÊNCIA DA PÁSCOA
Logo após a proclamação da 2ª leitura duas pessoas proclamam ou cantam da Mesa da Palavra a seqüência da Páscoa (deve ser cantada do Lecionário, onde houver).
Solo 1: Cantai, cristãos, afinal: “Salve, ó vítima pascal!” Cordeiro inocente, o Cristo abriu-nos do Pai o aprisco.
Solo 2: Por toda ovelha imolado, do mundo lava o pecado. Duelam forte e mais forte: é a vida que enfrenta a morte.
Solo 1: O rei da vida, cativo, é morto, mas reina vivo! Responde, pois, ó Maria: no teu caminho o que havia?
Solo 2: “Vi Cristo ressuscitado, o túmulo abandonado, os anjos da cor do sol, dobrado ao chão o lençol…”
Solos 1 e 2: O Cristo, que leva aos céus, caminha à frente dos seus! Ressuscitou de verdade. Ó Rei, ó Cristo, piedade!
10. CANTO DE ACLAMAÇÃO
ALELUIA! ALEGRIA MINHA GENTE! ALELUIA, ALELUIA! (bis)
1. O Senhor ressuscitou, minha gente! Ele está vivo em nosso meio, aleluia!
2. O sepulcro está vazio, minha gente, o Senhor ressuscitou, aleluia!
11. PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO DE JESUS CRISTO SEGUNDO SÃO JOÃO
(20,1-9)
Nas celebrações vespertinas deste domingo pode-se proclamar o Evangelho segundo São Lucas (24,13-35). Após a proclamação repetir o canto de aclamação.
 
12. PARTILHA DA PALAVRA
13. PROFISSÃO DE FÉ
Presidente – No Deus que ressuscitou Jesus Cristo e dá vida nova a todos os que creem, professemos nossa fé. CREIO EM DEUS PAI…
14. PRECES DA COMUNIDADE
Presidente – Confiantes no amor e na bondade de Deus por nós, elevemos a Ele os nossos pedidos, cantando após cada prece: VOSSA IGREJA VOS PEDE, Ó PAI, SENHOR NOSSA PRECE ESCUTAI!
– Senhor, iluminai vossa Santa Igreja, o Papa, os bispos, padres, diáconos, religiosos e religiosas, para que sejam fiéis testemunhas do glorioso mistério da cruz. Nós vos pedimos.
– Senhor, fortalecei a todos nós, batizados, para que possamos viver com dignidade e compromisso o sacramento que recebemos, sendo sinais de salvação para os que não creem em Cristo. Nós vos pedimos.
– Senhor, abençoai as crianças e os adultos que receberam o sacramento do batismo nestes dias, para que cresçam no vosso conhecimento e no vosso amor. Nós vos pedimos.
– Senhor, conduzi no vosso amor todas as comunidades de nossa Diocese, para que façam brilhar em seu meio a luz da ressurreição de Cristo e saibam viver em harmonia. Nós vos pedimos.
(preces espontâneas)
Presidente – Deus de amor, acolhei os pedidos que vossa comunidade vos faz no dia da ressurreição de vosso Filho. Por Ele que é nosso Senhor. AMÉM.
15. APRESENTAÇÃO DOS DONS
Animador(a) – Celebrar a ressurreição de Cristo é ter o coração aberto para receber a nova vida que vem de Deus. É permitir que em nossas casas, em nossas famílias e no meio em que vivemos brotem novas esperanças.
Animador(a) – Apresentemos no altar do Senhor o nosso desejo de fazer frutificar essa nova vida recebida pelo sangue de Cristo e pelo amor generoso do Pai.
Enquanto se canta, uma criança vestida de branco entra trazendo uma bonita cesta com flores, frutos, mudas e brotos de plantas.
OS PRESENTES DA NATUREZA, O AMOR DO CORAÇÃO, O TEU POVO CANTA A CERTEZA, TRAZ A VIDA EM PROCISSÃO. ABENÇOA NOSSA VIDA, O TRABALHO REDENTOR, AS COLHEITAS REPARTIDAS PARA CELEBRAR O AMOR. (bis)
16. CANTO DAS OFERENDAS
1. Bendito sejas, ó Rei da glória! Ressuscitado, Senhor da Igreja! Aqui trazemos as nossas ofertas.
VÊ COM BONS OLHOS AS NOSSAS HUMILDES OFERTAS. TUDO O QUE TEMOS SEJA
PRA TI, Ó SENHOR!
2. Vidas se encontram no altar de Deus, gente se doa, dom que se imola. Aqui trazemos as nossas ofertas.
3. Irmãos da terra, irmãos do céu, juntos cantemos glória ao Senhor. Aqui trazemos as nossas ofertas.
17. MOMENTO DE LOUVOR
Animador(a) – Louvemos a Deus, nosso Pai, que ressuscitou Jesus Cristo dos mortos e, pelo batismo, nos torna participantes dessa vitória.
GLÓRIA, GLÓRIA, GLÓRIA A DEUS NAS ALTURAS E NA TERRA PAZ AOS HOMENS.
(bis)
1. Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso, nós vos louvamos, nós vos bendizemos, nós vos adoramos, nós vos glorificamos.
2. Nós vos damos graças por vossa imensa glória. Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito. Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai.
3. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica.
4. Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós. Só vós sois o Santo, só vós o Senhor, só vós o Altíssimo, Jesus Cristo. Com o Espírito Santo na glória de Deus Pai.
 
18. PAI NOSSO
Presidente – Guiados pelo Espírito do Ressuscitado e iluminados por seu divino ensinamento, ousamos dizer: PAI NOSSO…
19. CANTO DE COMUNHÃO (se houver)
1. Todo aquele que comer do meu corpo que é doado, todo aquele que beber do meu sangue derramado, e crê nas minhas palavras que são plenas de vida, nunca mais sentirá fome e nem sede em sua lida.
EIS QUE SOU O PÃO DA VIDA, EIS QUE SOU O PÃO DO CÉU; FAÇO-ME VOSSA COMIDA, EU SOU MAIS QUE LEITE E MEL.
2. O meu Corpo e o meu Sangue são sublimes alimentos do fraco indigente é vigor, do faminto é o sustento. Do aflito é consolo, do enfermo é a unção, do pequeno e excluído, rocha viva e proteção.
3. Eu sou o caminho, a vida, água viva e a verdade, sou a paz e a luz do mundo, sou a própria liberdade. Sou a Palavra do Pai que entre vós habitou, para que vós habiteis na Trindade onde estou.
4. Eu sou a Palavra viva que sai da boca de Deus, sou a lâmpada para guiar vossos passos, irmãos meus. Sou o rio, eu sou a ponte, sou a brisa que afaga, sou a água, sou a fonte, fogo que não se apaga.
20. ORAÇÃO
Presidente – Guardai, ó Deus, a vossa Igreja sob a vossa constante proteção para que, renovados pelos sacramentos pascais, cheguemos à luz da ressurreição. Por Cristo, nosso Senhor. AMÉM.
 
21. NOTÍCIAS E AVISOS
-.
22. MENSAGEM DO PASTOR
Desejar para alguém uma “Feliz Páscoa” vai muito além de uma formalidade festiva. É um grito de esperança. É a alegria do mergulho na verdadeira fonte da Vida. Em Jesus, Deus se fez um de nós, viveu nossa vida em todas as dimensões, e, para nos redimir, derramou o seu sangue até a morte e morte de cruz. Não podemos agora duvidar. Deus nos ama. Na ressurreição de Jesus temos a garantia da passagem da morte para a Vida. Como cristãos e cristãs, carregamos este tesouro.
Diante de um mundo que multiplica caminhos de morte temos a responsabilidade de fazer desabrochar por toda parte a Vida. Somos jardineiros da esperança. Ao dizer “Feliz Páscoa” auguramos que a vida nova corra nas veias de nossas famílias, e, sobretudo, de crianças, adolescentes e jovens. Somente Jesus é o Caminho, a Verdade e a Vida. Uma Feliz Páscoa para toda a família diocesana e para todos os homens e mulheres de boa vontade. Dom Décio Sossai Zandonade – bispo diocesano
23. BÊNÇÃO
Presidente – Que o Deus todo-poderoso nos abençoe nesta solenidade pascal e nos proteja contra  todo pecado. AMÉM.
– Aquele que nos renova para a vida eterna, pela ressurreição do seu Filho nos enriqueça com o dom da imortalidade. AMÉM.
– E nós que, transcorridos os dias da Paixão do Senhor, celebramos com alegria a Festa da Páscoa, possamos chegar exultantes à festa das eternas alegrias. AMÉM.
– Abençoe-nos Deus todo-poderoso: PAI E FILHO E ESPÍRITO SANTO. AMÉM.
– Cheios de alegria pascal, saudemo-nos na paz de Cristo.
24. CANTO FINAL E ABRAÇO DA PAZ
1. Que coisa linda é poder estar aqui, que coisa linda é poder dar minha mão. Que coisa linda é não caminhar sozinho, mas seguir este caminho encontrando com o irmão. (bis)
TE DOU A PAZ, VEM CÁ, IRMÃO. TE DOU A PAZ, APERTE A MINHA MÃO. TE DOU A PAZ, PAZ DE JESUS, RESSUSCITADO ELE É A NOSSA LUZ.
2. Que coisa linda é poder estar aqui, que coisa linda é poder celebrar, que coisa linda é essa Eucaristia, vida nova, estrela guia, nesse nosso caminhar! (bis)
PREPARANDO A PARTILHA DA PALAVRA
Ser cristão é essencialmente ser testemunha, em atos e palavras, do significado da presença de Jesus no meio de nós. Ele passou pela terra fazendo o bem, acolhendo os necessitados, reconciliando os pecadores, anunciando felicidade para os aflitos, os que choram, os pobres, os que têm fome e sede de justiça, os que querem a paz. O que Ele fazia e dizia atraía uma multidão. Mas nem tudo que Ele ensinava era tão facilmente aceito: tinha um projeto exigente de transformação da vida na direção da vontade de Deus. Apesar da força de atração que exercia sobre tanta gente, será que não poderia ser apenas um pregador a mais, como tantos outros antes e depois dele? Sua morte tão violenta parecida ser o ponto final. A ressurreição, porém, muda o ponto de vista dos que se sentiram decepcionados com a cruz. Com a ressurreição, o Pai confirma tudo o que Jesus fez e ensinou. Ele não é um pregador qualquer: é alguém que foi capaz de derrotar a morte, alguém que fala de fato com a autoridade de Deus. Por isso, dar testemunho de Jesus era essencialmente dar testemunho da ressurreição. A ressurreição está bem no centro da nossa fé. Ela nos diz que a vida vale a pena, apesar de todas as dificuldades, porque Deus está no comando e não vai deixar que o bem realizado se perca, nem mesmo com a morte. Segundo São Paulo na carta aos Colossenses, de certa forma já somos ressuscitados, afinal Cristo nos deu uma vida nova. Quem vive na graça já está experimentando um pouquinho do que será o céu. Ele diz que quem é de Cristo busca as coisas do alto, ou seja, vive os valores do Reino de Deus e os aplica em sua vida concreta. A construção da nossa vida eterna de ressuscitados começa aqui mesmo, com cada ato bom que fazemos.
LEITURAS DA SEMANA:
2ª feira: At 2,14.22-32; Sl 15; Mt 28,8-15
3ª feira: At 2,36-41; Sl 32; Jo 20,11-18
4ª feira: At 3,1-10; Sl 104; Lc 24,13-35
5ª feira: At 3,11-26; Sl 8; Lc 24,35-48
6ª feira: At 4,1-12; Sl 117; Jo 21,1-14
Sábado: At 4,13-21; Sl 117; Mc 16,9-15
Domingo: At 5,12-16; Sl 117; Ap 1,9-11a.12-13.17-19; Jo 20,19-31

PÁSCOA DA RESSURREIÇÃO     COR BRANCO    CICLO C      ANO IMPAR   04 de Maio de 2010. 
                                   ”ALEGRAI-VOS! JESUS CRISTO RESSUSCITOU! ALELUIA!”   
Irmãos e irmãs, como diz o salmo 117, este é o dia que o Senhor fez para nós; alegremo-nos, pois, e nele exultemos. A vida venceu a morte! O Cristo ressuscitou! Celebremos, então, o Domingo da Páscoa como a Eucaristia mais jubilosa da liturgia cristã.   Iniciemos nossa celebração, cantando.
Ato Penitencial: O Tempo da Páscoa é um tempo de rever nossa vida de filhos e filhas de Deus e de nossa vida de irmãos e irmãs. Peçamos perdão cantando.
Glória:  Uma nova vida é oferecida àqueles que confiam no poder salvador e libertador de Deus. Pela ressurreição de Cristo, a cruz torna-se sinal de vitória, prova do amor do Pai! Com o coração transbordando de alegria, cantemos o hino de Louvor!
Entrada da Bíblia: 
Liturgia da Palavra: 1ª Leitura:(At 10, 34-43)   Pedro dá o seu testemunho: Comemos e bebemos com Ele depois que ressuscitou (in Dehonianos)   
Salmo: Sl  118(117)   Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! “Eterna é a sua misericórdia!” A casa de Israel agora o diga”: “Eterna é a sua misericórdia”!      Proclamar até o versículo 14
2ª Leitura: (Cl 3, 1-4)   Paulo não subestima as realidades  da terra e adverte:   Esforçai-vos para alcançar as coisas do alto, onde está Cristo.
Evangelho: (Jo 20, 1-9)  João, o discípulo que Jesus amava, se convence,  Ele está vivo.
Aclamação ao Evangelho:Aclamemos a boa nova cantando….  
Preces da Comunidade:
Ofertório: – Celebrar a ressurreição de Cristo é ter o coração aberto para receber a nova vida que vem de Deus. É permitir que em nossas casas, em nossas famílias e no meio em que vivemos brotem novas esperanças.  (motivar a oferta)  Cantando.
Comunhão A Eucaristia é o principal símbolo da Quaresma: é a celebração da paixão de um Deus amante, capaz de assumir a dor do mundo na rejeição sofrida. Ele se dá a nós como alimento, como forma de continuar dizendo: Venham a mim, eu vos saciarei; venham a mim, eu vos salvarei. Cantemos.
Mensagem Final:   Nós sabemos que precisamos um mundo novo e que esse mundo novo é possível. A possibilidade encontra-se nos princípios do Evangelho, que valoriza o perfume da vida e do viver na paz de Deus, acima de tudo. Seja bem-vindo, Jesus, vós que vindes em nome de Deus para nos trazer a Salvação. Amém!

Você pode Gostar de:

27º Domingo do Tempo Comum (02.10)

Ano C – cor verde – 02/10/2022 1. Saudação Presidente – Sejam bem-vindos, todos que …