Página Inicial / Animação Litúrgica / Solenidade da Santíssima Trindade (30.05)

Solenidade da Santíssima Trindade (30.05)

Ano B – cor branca – 30/05/2021

1. Saudação
Presidente – Celebrar o Mistério da Trindade desperta em nós, “povo reunido pela unidade do Pai, do Filho e do Espírito Santo”, o desejo de nos abrir a tão grande Mistério. A iniciativa é sempre de Deus, que se manifesta, se revela e se dá a conhecer. Imbuídos deste mistério de Amor, façamos o sinal de nossa fé, cantando.
Presidente – A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco. Bendito seja Deus…
Animador(a) – Amados irmãos e irmãs em Cristo Jesus, sejam todos bem-vindos! É com muito carinho que os acolhemos para celebrar o Senhor Ressuscitado, no Mistério da Santíssima Trindade. Nesta Solenidade somos chamados a reavivar o nosso compromisso batismal de ser reflexo da Trindade em meio a um mundo tão desumanizado, sendo sinais de comunhão, de partilha, de solidariedade e esperança. Vamos trazer presente neste momento, os fatos e os acontecimentos da semana (recordação da vida).
2. Deus nos perdoa
Presidente – A Solenidade da Santíssima Trindade é o momento especial de refletirmos sobre a nossa vida em comunidade. Em silêncio, pensemos em nossas faltas e omissões (silêncio). Arrependidos, supliquemos a misericórdia do Pai, cantando.
3. Hino do Glória
Presidente – Glorifiquemos ao nosso Deus, Uno e Trino, pela vivência desse amor Trinitário em nossa caminhada, cantando.
4. Oração
Presidente – Oremos – (silêncio) – Ó Deus, nosso Pai, enviando ao mundo a Palavra da verdade e o Espírito Santificador, revelastes o Vosso inefável mistério. Concedei que, professando a verdadeira fé, reconheçamos a glória da Trindade e adoremos a Unidade onipotente. Por nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
Deus nos fala
5. Leitura do Livro do Deuteronômio (4, 32-34.39-40)
6. Salmo Responsorial (32) (CD Festas Litúrgicas I – Ano B) Feliz o povo que o Senhor escolheu por sua herança. (bis)
7. Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos (8, 14-17)
8. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus (28, 16-20)
Partilha da Palavra
Nossa resposta
9. Profissão de Fé
Presidente – Professando a verdadeira fé, reconhecemos a glória da Trindade, rezando. Creio em Deus Pai…
10. Preces da Comunidade
Presidente – Conduzidos pela Palavra de Jesus e iluminados pelo Espírito Santo, elevemos confiantes nossa oração ao Pai, cantando: Ó Senhor, escuta nossa prece. (O.D.C.)
11. Apresentação dos Dons
Animador(a) – (Permaneçamos em pé). A Igreja é a imagem terrena da Santíssima Trindade, Templo Vivo do Espírito Santo. Por meio dos carismas, serviços, pastorais, movimentos, equipes e ministérios, o Espírito Santo capacita a todos na Igreja para o bem comum, a missão evangelizadora e a transformação social, em vista do Reino de Deus. Apresentemos ao Altar do Senhor nossas vidas, no compromisso de colocar em prática a missão que recebemos no batismo. De mãos estendidas para o altar, cantemos.
Coleta Fraterna
Ação de Graças
12. Louvação
Presidente – Louvemos a Deus por participarmos de tão grande Mistério de Amor, que nos toca e nos transforma em pessoas novas, cantando.
Deus nos faz irmãos
13. Pai Nosso
Presidente – Reafirmando nosso compromisso de viver em união, rezemos a oração que Jesus nos ensinou. Pai Nosso…
14. Momento da Paz
Animador(a) – Para chegar à paz, o caminho é a solidariedade vivida a partir do sentimento de responsabilidade fraterna, “em Cristo, somos todos irmãos”. Rezemos em silêncio pela paz.
15. Oração
Presidente – Oremos – (silêncio) – Ó Deus, alimentados e fortalecidos em nossa fé, nós Vos agradecemos pela Vossa presença em nossa vida e na caminhada de Vossa Igreja. Dai a todos nós, batizados, força e coragem para continuarmos a missão que Jesus nos confiou. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.
Deus nos envia
16. Breves Avisos
17. Bênção
Presidente – Que o Deus Uno e Trino, fonte de
toda vocação à vida e ao amor, vos dê a paz e vos
abençoe. Amém.
– Abençoe-vos Deus todo-poderoso: Pai e Filho e
Espírito Santo. Amém.
– “Que o Espírito da Verdade vos conduza à
plena verdade. Ide em paz e que o Senhor vos
acompanhe”. Graças a Deus.

Meditando a Palavra de Deus
Os discípulos do Reino são batizados “em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo”. Em nome de, significa que suas vidas trazem a marca da Trindade Santa e, por ela, devem ser plasmadas, modeladas. Sua existência assume uma dimensão nova, transcendente, conferindo-lhe a dignidade de filhos e filhas de Deus. O Batismo em nome da Trindade comporta exigências precisas para os discípulos. A primeira delas consiste na vida em comunidade, inspirada no modelo trinitário. Com a Trindade, os discípulos aprendem a se respeitar mutuamente, a ajudar uns aos outros, sem espírito de competição. Ninguém se sente superior aos demais. Pelo contrário, cultiva o espírito de colaboração e de integração. Assim como a comunhão da Trindade resulta do amor, da mesma forma a união da comunidade dos discípulos. O egoísmo é banido, varrido, do coração dos irmãos de fé, pois o perdão e a reconciliação falam mais forte. A gratuidade é marca característica do amor cristão; os discípulos fazem o bem, sem nada esperar em troca. O ideal trinitário leva os discípulos a se precaverem quanto tudo causa desunião: fofocas, intrigas, invejas, competições, inimizades e tantas outras armadilhas para o ideal cristão da unidade. Viver desunido é uma das muitas negações da fé. Viver na direção contrária, a fé é professada na busca de união de corações e na pluralidade em todos os sentidos, por causa da Trindade. Senhor Jesus, que a profissão de fé na Trindade transforme a nossa existência, reforçando em nós o desejo de vivermos em comunidade de fé e de amor. (Do Livro: Dia a dia nos passos com o Jesus – Ano B – Jaldemir Vitório, SJ)

Leituras da Semana
2ª feira: Sf 3,14-18; Rm 12,9-16b; Is 12,2-6; Lc 1,39-56
3ª feira: Tb 2,9-14; Sl 111; Mc 12,13-17
4ª feira: Tb 3,1-11a.16-17a; Sl 24; Mc 12,18-27
5ª feira: Ex 24,3-8; Sl 115; Hb 9,11-15; Mc 14,12-
16.22-26
6ª feira: Tb 11,5-17; Sl 145; Mc 12,35-37
Sábado: Tb 12,1.5-15.20; Tb 13,2-8; Mc 12,38-44
Domingo: Gn 3,9-15; Sl 129; 2Cor 4,13; 5,1; Mc 3,20-35

 

Você pode Gostar de:

4º Domingo da Quaresma (14.03)

Ano B cor roxa ou rósea – 14/03/2021 1. Saudação Presidente – Irmãos e irmãs …