Página Inicial / Animação Litúrgica / Solenidade da Assunção de Nossa Senhora

Solenidade da Assunção de Nossa Senhora

Ano B -cor branca – 15/08/2021

1. Saudação
Presidente – Irmãos e irmãs, sejam todos bem-vindos! É com alegria que nos reunimos para celebrarmos o Mistério de nossa fé e nossa vida de comunidade. Neste domingo, celebramos a festa da Páscoa de Maria dando graças ao Pai que eleva a humilde mulher, Maria de Nazaré, e nela, a “primeira da fila”, nos oferece o sinal da vitória definitiva de toda a humanidade, pela força da ressurreição de Jesus Cristo, nosso Salvador. Ao celebrar a solenidade da Assunção de Nossa Senhora, a Igreja reconhece a importância que Maria teve na história da salvação. Reunidos pela Trindade Santa, façamos o sinal que nos une como irmãos. Em nome do Pai…
Presidente – Que a graça de Deus nosso Pai, o amor de Jesus nosso irmão, a luz e a força do Espírito Santo estejam convosco. Bendito seja Deus…
Animador (a) – Hoje, celebramos também o encerramento da Semana Nacional da Família e rezamos pelos religiosos e religiosas, os irmãos e irmãs consagrados, que doam suas vidas a serviço do Reino. E, em comunhão com a Paróquia Nossa Senhora da Glória de Vila Lenira e todas as comunidades que celebram a festa de seus(as) padroeiros, façamos a recordação dos fatos marcantes da semana que passou (recordação da vida).
2. Deus nos perdoa
Presidente – Reconhecendo-nos necessitados da misericórdia de Deus, e confiantes na maternal intercessão de Maria, roguemos ao Pai que nos conceda o perdão de nossos pecados. (silêncio) Peçamos perdão, cantando.
3. Hino do Glória
Presidente – Glorifiquemos ao Pai pelas maravilhas que Ele realiza em nós ao participarmos do Mistério Pascal de seu Filho Jesus.
4. Oração
Presidente – Oremos – (silêncio) – Deus eterno, que elevastes à glória do céu em corpo e alma a Imaculada Virgem Maria, Mãe do Vosso Filho, dai-nos viver atentos às coisas do alto, a fim de participarmos da sua glória. Por nosso Senhor Jesus Cristo, Vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
Deus nos fala
5. Leitura do Livro do Apocalipse de São João (11, 19a;12,1.3-6a.10ab)
6. Salmo Responsorial (44) (CD Cantando os Salmos – Ano B) À vossa direita se encontra a rainha, com veste esplendente de ouro de Ofir. (bis)
9. Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios (15, 20-27a)
10. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas (1, 39-56)
Partilha da Palavra
Nossa resposta
11. Profissão de Fé
Presidente – Maria manifesta a sua fé, acolhendo o plano de salvação, tornando-se disponível para gerar Jesus. A seu exemplo, professemos nossa fé no Deus Uno e Trino. Creio em Deus Pai…
12. Apresentação dos Dons
Animador(a) – A Mãe de Jesus nos ensina a ir ao encontro das pessoas necessitadas e a servir com generosidade. Apresentemos ao Altar do Senhor o compromisso das famílias que se empenham em transmitir, a exemplo de Nossa Senhora, os valores do serviço, da generosidade e cooperação com o próximo.
Coleta Fraterna
Ação de Graças
13. Louvação
Presidente – “A alegria do amor que se vive nas famílias é também o júbilo da Igreja”. (Papa Francisco) Louvemos a Deus pelas famílias de nossa comunidade e por todos os religiosos(as) que doam suas vidas a serviço do Reino.
Deus nos faz irmãos
14. Pai Nosso Presidente – Rezemos, confiantes, a oração que o Senhor nos ensinou. Pai Nosso…
15. Momento da Paz
Animador(a) – Na mesma alegria com que Isabel saudou Maria, rezemos, em silêncio, pela paz.
Deus nos envia
16. Breves Avisos
17. Bênção
Presidente – O Senhor esteja convosco. Ele está no meio de nós. – Deus, Pai da família humana, guarde e faça prosperar o lar de todos vós. Amém. – Abençoe-vos Deus Todo-Poderoso: Pai e Filho e Espírito Santo. Amém. – Ide em paz, seguindo o exemplo de Maria e que o Senhor vos acompanhe. Graças a Deus.

Meditando a Palavra de Deus
Maria Assunta ao céu é a criatura que atingiu a plenitude da salvação. Ela já experimentou aquilo que nós experimentaremos, se formos fieis aos ensinamentos de Jesus. Maria é a concretização do destino que Deus deseja para todos nós. Na Assunção vemos que em Deus há espaço para o homem, Deus mesmo é a casa com muitas moradas. O Evangelho de Lucas, mostra-nos Maria em movimento: deixa a sua casa em Nazaré e põe-se em viagem rumo à montanha, para ir às pressas a uma cidade de Judá. Devemos imitar esta atitude de Maria: ela saiu às pressas, não somente para colocar-se a serviço de Isabel, mas porque desejava levar o Salvador, até os demais. Levemos, também nós, o Salvador aos nossos irmãos e irmãs. Saiamos, às pressas, corramos, hoje, levando Cristo aos demais, levando Seu amor, amor este que, antes, nós experimentamos! Deus nos espera, nos aguarda, não caminhamos no vazio. Esta é a grande alegria e a grande esperança. Somos esperados por Deus, porque no Seu coração há espaço para nós e em nossa vida Ele também deverá encontrar acolhida. Nesta solenidade da Assunção olhemos para Maria: sua história é serviço humilde e glória escondida em Deus. Sempre fiel ao projeto do Pai, nos ensina a sermos solidários diante das necessidades dos irmãos sofredores. O sonho de um mundo novo começa a se tornar realidade com o nosso compromisso a serviço da justiça e da fraternidade. Ela abre-nos à esperança, a um futuro cheio de alegria e ensina-nos o caminho para o alcançar: acolher o seu Filho na fé; nunca perder a amizade com Ele, deixar-nos iluminar e orientar pela Sua palavra; segui-Lo todos os dias, pois só a presença de Deus pode garantir um mundo melhor. A nossa participação na missão de Jesus e em sua experiência pascal se dá no cotidiano da vida. A Solenidade da Assunção nos anima a confiar na força do bem e lutar pela dignidade do ser humano.

Leituras da Semana 2ª feira: Jz 2,11-19; Sl 105; Mt 19,16-22 3ª feira: Jz 6,11-24a; Sl 84; Mt 19,23-30 4ª feira: Jz 9,6-15; Sl 20; Mt 20,1-16 5ª feira: Jz 11,29-39a; Sl 39; Mt 22,1-14 6ª feira: Rt 1,1.3-6.14b-16.22; Sl 145; Mt 22,34-40 Sábado: Rt 2,1-3.8-11; 4,13-17; Sl 127; Mt 23,1-12 Domingo: Js 24,1-2a.15-17.18b; Sl 33; Ef 5,21-32; Jo 6,60-69

 

Você pode Gostar de:

11º Domingo do Tempo Comum (13.06)

11º Domingo do Tempo Comum Ano B – Tempo Comum – cor verde – 13/06/2021 …