Página Inicial / Animação Litúrgica / FESTA DO BATISMO DO SENHOR

FESTA DO BATISMO DO SENHOR

FESTA DO BATISMO DO SENHOR
BATIZADOS EM CRISTO, SOMOS SUAS TESTEMUNHAS – Cor Litúrgica: branco
Animador: Meus irmãos, o Batismo de Jesus marca o início de Sua vida pública e de Sua missão redentora no mundo. Hoje, nós somos convidados a professar a nossa fé em Cristo, reafirmando assim o nosso compromisso de vivermos as promessas batismais. Fiquemos de pé e iniciemos a nossa celebração.
RITOS INICIAIS
1. CANTO DE ENTRADA – REFR.: JERUSALÉM, POVO DE DEUS, IGREJA SANTA. LEVANTA E VAI, SOBE AS MONTANHAS, ERGUE O OLHAR: LÁ NO ORIENTE DESPONTA O SOL DA ALEGRIA, QUE VEM DE DEUS AOS FILHOS TEUS: EIS O TEU DIA! / 1. Louva, Jerusalém. Louva o Senhor teu Deus: Tuas portas reforçou e os teus abençoou. Te cumulou de paz e o trigo em flor te traz! / 2. Sua Palavra envia. Corre veloz sua voz. Da névoa desce o véu, unindo a terra e o céu; As nuvens se desmancham, o vento sopra e avança. / 3. Ao povo revelou Palavras de amor. A sua Lei nos deu e o mandamento seu; Com ninguém fez assim, amou até o fim. / 4. A Virgem, mãe será, um Filho à luz dará. Seu nome, Emanuel: “Conosco Deus” do Céu; o mal desprezará, o bem escolherá. / 5. Ao Deus do céu louvemos. E ao que vem, cantemos; E ao Divino, então, a nossa louvação! Os Três, que são um Deus, exalte o povo seu!
2. SAUDAÇÃO DO CELEBRANTE – P.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. TODOS: AMÉM. P.: A graça de nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco. TODOS: BENDITO SEJA DEUS, QUE NOS REUNIU NO AMOR DE CRISTO.
3. ATO PENITENCIAL – P.: No início desta celebração eucarística, peçamos a conversão do coração, fonte de reconciliação e comunhão com Deus e com os irmãos e irmãs. (Pausa). Confessemos os nossos pecados: TODOS: Confesso a Deus todo-poderoso e a vós, irmãos e irmãs, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos anjos e santos e a vós, irmãos e irmãs, que rogueis por mim a Deus nosso Senhor. P.: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. TODOS: AMÉM. P.: Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Cristo, tende piedade de nós. TODOS: CRISTO, TENDE PIEDADE DE NÓS. P.: Senhor, tende piedade de nós. TODOS: SENHOR, TENDE PIEDADE DE NÓS.
4. HINO DE LOUVOR: Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados! Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças por Vossa imensa glória! Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós! Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica! Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós! Só Vós sois o Santo, só Vós o Senhor, só Vós o Altíssimo, Jesus Cristo, com o Espírito Santo, na glória de Deus Pai. Amém.
5. ORAÇÃO DO DIA – P.: OREMOS: (Pausa) – Deus eterno e todo-poderoso, que, sendo o Cristo batizado no Jordão, e pairando sobre ele o Espírito Santo, o declarastes solenemente vosso Filho, concedei aos vossos filhos adotivos, renascidos da água e do Espírito Santo, perseverar constantemente em vosso amor. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. TODOS: AMÉM.
LITURGIA DA PALAVRA
Anim.: Irmãos, em Cristo, nós podemos viver a plenitude do nosso Batismo na busca da santidade. Ouçamos atentamente as leituras de hoje.
6. 1ª LEITURA (Is 42,1-4.6-7) – Leitura do Livro do Profeta Isaías.
Assim fala o Senhor: 1“Eis o meu servo – eu o recebo; eis o meu eleito – nele se compraz minh”alma; pus meu espírito sobre ele, ele promoverá o julgamento das nações. 2Ele não clama nem levanta a voz, nem se faz ouvir pelas ruas. 3Não quebra uma cana rachada nem apaga um pavio que ainda fumega; mas promoverá o julgamento para obter a verdade. 4Não esmorecerá nem se deixará abater, enquanto não estabelecer a justiça na terra; os países distantes esperam seus ensinamentos. 6Eu, o Senhor, te chamei para a justiça e te tomei pela mão; eu te formei e te constituí como centro de aliança do povo, luz das nações, 7para abrires os olhos dos cegos, tirar os cativos da prisão, livrar do cárcere os que vivem nas trevas”. Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
7. SALMO RESPONSORIAL – Sl 28 (29 )
REFR.: QUE O SENHOR ABENÇOE, COM A PAZ, O SEU POVO! / 1. Filhos de Deus, tributai ao Senhor, tributai-lhe a glória e o poder! Dai-lhe a glória devida ao seu nome; adorai-o com santo ornamento! / 2. Eis a voz do Senhor sobre as águas, sua voz sobre as águas imensas! Eis a voz do Senhor com poder! / 3. Eis a voz do Senhor majestosa. Sua voz no trovão reboando! No seu templo os fiéis bradam: “Glória!” É o Senhor que domina os dilúvios, o Senhor reinará para sempre!
8. 2ª LEITURA (At 10, 34-38) – Leitura dos Atos dos Apóstolos.
Naqueles dias, 34Pedro tomou a palavre e disse: “de fato, estou compreendendo que Deus não faz distinção entre as pessoas. 35Pelo contrário, ele aceita quem o teme e pratica a justiça, qualquer que seja a nação a que pertença. 36Deus enviou sua palavra aos israelitas e lhes anunciou a Boa-nova da paz, por meio de Jesus Cristo, que é o Senhor de todos. 37Vós sabeis o que aconteceu em toda a Judeia, a começar pela Galileia, depois do batismo pregado por João: 38como Jesus de Nazaré foi ungido por Deus com o Espírito Santo e com poder. Ele andou por toda a parte, fazendo o bem e curando a todos os que estavam dominados pelo demônio; porque Deus estava com ele”.
Palavra do Senhor. TODOS: GRAÇAS A DEUS.
9. CANTO DE ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO – REFR.: ALELUIA, ALELUIA, ALELUIA / abriram-se os céus e fez-se ouvir a voz do Pai; eis meu Filho muito amado, escutai-o, todos vós!
10. PROCLAMAÇÃO DO EVANGELHO – (Mc 1,7-11) – P.: O Senhor esteja convosco. TODOS: ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS. P.: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Marcos TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR!
P.: Naquele tempo, 7João Batista pregava, dizendo: “Depois de mim virá alguém mais forte do que eu. Eu nem sou digno de me abaixar para desamarrar suas sandálias. 8Eu vos batizei com água, mas ele vos batizará com o Espírito Santo”. 9Naqueles dias, Jesus veio de Nazaré da Galileia, e foi batizado por João no rio Jordão. 10E logo, ao sair da água, viu o céu se abrindo, e o Espírito, como pomba, descer sobre ele. 11E do céu veio uma voz: “Tu és o meu Filho amado, em ti ponho meu bem-querer”. Palavra da Salvação. TODOS: GLÓRIA A VÓS, SENHOR.
11. HOMILIA
12. PROFISSÃO DE FÉ – Creio em Deus Pai, todo-poderoso, criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos, ressuscitou ao terceiro dia, subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.
13. ORAÇÃO UNIVERSAL – P.: Irmãos e irmãs, no dia em que celebramos o Batismo do Senhor, elevemos ao Pai os nossos pedidos, na certeza de que, renascidos na fonte da salvação e fortalecidos pelo banquete eucarístico, somos chamados à vida nova do Reino de Deus. Rezemos juntos: Senhor, escutai a nossa prece!
TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
1) Pelo Santo Padre, o Papa Francisco, para que Deus o proteja e lhe dê saúde e inspiração para conduzir a Igreja e confirmar-nos no caminho da fé, rezemos ao Senhor.

TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
2) Pelos dirigentes de todas as Nações, para que sejam promotores da justiça e da paz, rezemos ao Senhor.

TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
3) Por todos os que foram iluminados por Cristo com a graça do Batismo, para que, por meio de suas vidas, brilhe no mundo a glória do reino dos céus, rezemos ao Senhor.

TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
4) Por todos nós aqui reunidos, para que vivenciemos o nosso Batismo por meio dos gestos concretos de fé, de esperança e de caridade, rezemos ao Senhor.

TODOS: SENHOR, ESCUTAI A NOSSA PRECE!
(Preces Espontâneas)
P.: Ó Deus, confiantes, vos apresentamos nossos pedidos, porque nos concedestes a graça de vos chamar de Pai. Aceitai nossas preces e abençoai-nos em Vossa misericórdia. Por Cristo, nosso Senhor.
TODOS: AMÉM.
LITURGIA EUCARÍSTICA
14. CANTO DE OFERTAS – 1. Sobe a Jerusalém, Virgem oferente sem igual. Vai, apresenta ao Pai, teu Menino: luz que chegou no Natal. E, junto à sua cruz, quando Deus morrer fica de pé. Sim, ele te salvou, mas o ofereceste por nós com toda fé. / 2. Nós vamos renovar este sacrifício de Jesus: morte e ressurreição, vida que brotou de sua oferta na cruz. Mãe, vem nos ensinar a fazer da vida uma oblação. Culto agradável a Deus é fazer a oferta do próprio coração.
15. P.: Orai, irmãos e irmãs…
16. ORAÇÃO SOBRE AS OFERENDAS – P.: Recebei, ó Pai, as oferendas que vos apresentamos no dia em que revelastes vosso Filho, para que se tornem o sacrifício do Cordeiro que lavou em sua misericórdia os pecados do mundo. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
18. ORAÇÃO EUCARÍSTICA II – MR (p. 478) – Prefácio: O Batismo do Cristo no Jordão – MR (p. 166) – Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso. Hoje, nas águas do rio Jordão, revelais o novo Batismo, com sinais admiráveis. Pela voz descida do céu, ensinais que vosso Verbo habita entre os seres humanos. E pelo Espírito Santo, aparecendo em forma de pomba, fazeis saber que o vosso Servo, Jesus Cristo, foi ungido com o óleo da alegria e enviado para evangelizar os pobres. Por essa razão, hoje e sempre, nós nos unimos aos anjos e a todos os santos, cantando (dizendo) a uma só voz:
TODOS: SANTO, SANTO, SANTO…
P.: Na verdade, ó Pai, Vós sois santo e fonte de toda santidade. Santificai, pois, estas oferendas, derramando sobre elas o Vosso Espírito, a fim de que se tornem para nós o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo, Vosso Filho e Senhor nosso.
TODOS: SANTIFICAI NOSSA OFERENDA, Ó SENHOR!
P.: Estando para ser entregue e abraçando livremente a paixão, Ele tomou o pão, deu graças e o partiu, e deu a Seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Do mesmo modo, ao fim da ceia, Ele tomou o cálice em Suas mãos, deu graças novamente e o deu a Seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA A REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Eis o mistério da fé.
TODOS: TODAS AS VEZES QUE COMEMOS DESTE PÃO E BEBEMOS DESTE CÁLICE, ANUNCIAMOS, SENHOR, A VOSSA MORTE, ENQUANTO ESPERAMOS A VOSSA VINDA!
P.: Celebrando, pois, a memória da morte e ressurreição do Vosso Filho, nós Vos oferecemos, ó Pai, o pão da vida e o cálice da salvação; e Vos agradecemos porque nos tornastes dignos de estar aqui na Vossa presença e Vos servir.
TODOS: RECEBEI, Ó SENHOR, A NOSSA OFERTA!
P.: E nós Vos suplicamos que, participando do Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos pelo Espírito Santo num só corpo.
TODOS: FAZEI DE NÓS UM SÓ CORPO E UM SÓ ESPÍRITO!
P.: Lembrai-vos, ó Pai, da Vossa Igreja que se faz presente pelo mundo inteiro: que ela cresça na caridade, com o papa Francisco, com o nosso bispo Sergio e seus bispos auxiliares, e todos os ministros do Vosso povo.
TODOS: LEMBRAI-VOS, Ó PAI, DA VOSSA IGREJA!
P.: Lembrai-vos também dos nossos irmãos e irmãs que morreram na esperança da ressurreição e de todos os que partiram desta vida: acolhei-os junto a Vós, na luz da Vossa face.
TODOS: LEMBRAI-VOS, Ó PAI, DOS VOSSOS FILHOS!
P.: Enfim, nós Vos pedimos, tende piedade de todos nós e dai-nos participar da vida eterna, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, São José, seu esposo, com os santos Apóstolos e todos os que neste mundo Vos serviram, a fim de Vos louvarmos e glorificarmos por Jesus Cristo, Vosso Filho.
TODOS: CONCEDEI-NOS O CONVÍVIO DOS ELEITOS!
P.: Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a Vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. TODOS: AMÉM.
18. RITO DA COMUNHÃO
19. CANTO DE COMUNHÃO – REFR.: NO PRESÉPIO PEQUENINO / DEUS É HOJE NOSSO IRMÃO E NOS DÁ SEU CORPO E SANGUE / NESTA SANTA COMUNHÃO. / 1. Para os homens que erravam nas trevas, lá do céu resplandece uma luz. Hoje Deus visitou nossa terra e nos deu o seu filho Jesus. / 2. Duma flor germinada na terra fecundada por sopro de Deus. Hoje um novo começo desponta e se abraçam a terra e o céu. / 3. Boas novas de grande alegria mensageiros do céu vêm cantar. E aos pastores um anjo anuncia: Deus nasceu em Belém de Judá. / 4. Para nós nasceu, hoje, um menino do seu povo ele é salvador. Glória a Deus no mais alto dos céus, paz aos homens, aos quais tanto amou.
20. ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO – CEL.: OREMOS: (Pausa) Nutridos pelo vosso sacramento, dai-nos, ó Pai, a graça de ouvir fielmente o vosso Filho amado, para que, chamados filhos de Deus, nós o sejamos de fato. Por Cristo, nosso Senhor. TODOS: AMÉM.
RITOS FINAIS
21. BREVES AVISOS
22. BÊNÇÃO FINAL
Partilha da Palavra
A festa do Batismo de Jesus no Jordão pode ser considerada como o Pentecostes do Ciclo  de Natal. Em geral, o mistério do Batismo do Senhor nos leva a considerar o nosso batismo. Jesus não precisava ser batizado no sentido do batismo de penitência de João ou do batismo de regeneração, da Igreja. Desde sua concepção no seio da Virgem Maria, Jesus já era o Messias. Mas para exercer a sua missão, a fim de difundir pela terra o Reino do Pai, como sacerdote, rei e profeta, Jesus quis receber a unção do Espírito Santo no batismo dado por João. O Espírito Santo manifesta Jesus como Filho bem-amado de Deus. E a partir dessa unção, Jesus inicia sua obra messiânica já anunciada pelo profeta Isaías. Também Pedro proclama que “Deus ungiu com o Espírito Santo e com poder a Jesus de Nazaré, que passou fazendo o bem e curando a todos aqueles que haviam caído no poder do diabo, porque Deus estava com ele”. A festa do Batismo do Senhor faz parte do conjunto das comemorações da manifestação do Senhor do Ciclo de Natal. Está presente de certa forma na solenidade da Epifania em que se comemora a manifestação do Senhor aos gentios, seu batismo no Jordão e o primeiro milagre nas bodas de Caná. A vida de Deus, que nasce no Natal, vai se manifestando. Desenvolve-se pela ação do Espírito Santo. Estamos no 1.º Domingo do Tempo Comum, tempo de crescimento, tempo dos frutos de boas obras. Animados e fortalecidos pelo Espírito Santo, iremos viver a vocação e a missão de batizados, de filhos e filhas de Deus. Isso no Tempo Comum, na vivência semanal do Mistério Pascal de Cristo, na Eucaristia Dominical e na vida feita eucaristia. O Espírito Santo desceu sobre Jesus enquanto rezava. Ele desce também sobre a assembleia cristã reunida em oração, reconhecendo-nos como filhos e filhas bem-amados de Deus em Jesus Cristo.

LEITURAS DA SEMANA
Seg.: Hb1,1-6; Sl96(97); Mc1,14-20.
Ter.: Sto Hilário BDr, MFac. Hb2,5-12; Sl8; Mc1,21b-28.
Qua.: Hb2,14-18; Sl104(105); Mc1,29-39.
Qui.: Hb3,7-14 Sl94(95); Mc1,40-45.
Sex.: Hb4,1-5.11 Sl77(78); Mc2,1-12
Sáb.: Sto. Antão Abade. Memória. Hb4,12-16; Sl18B(19B); Mc2,13-17.
Primeira Semana do Saltério
Primeiro Domingo do Tempo Comum

Você pode Gostar de:

16º Domingo do Tempo Comum (18.07)

16º Domingo do Tempo Comum Ano B – cor verde – 18/07/2021 1. Saudação Presidente …